Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

02 Julho de 2010 | 12h00 - Actualizado em 02 Julho de 2010 | 15h56

FMI e Banco Mundial perdoam dívida ao Congo democrático

RDCongo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar


Kinshasa -  O Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial decidiram perdoar a dívida externa de 12,3 mil milhões de dólares à República Democrática do Congo, anunciou hoje (sexta-feira) a BBC.


Segundo a fonte 90% da dívida externa do Congo será perdoada.


As duas instituições concordam   que o Congo tem feito progressos no que diz respeito à diminuição da pobreza, desenvolvimento de uma estratégia de crescimento e melhoria na governação.

O Congo viu assim ser aprovada a redução da sua dívida sob a iniciativa a favor dos Países Pobres Altamente Endividados.


E ainda no Congo... A missão das Nações Unidas no país assinalou o início do seu novo mandato, alterando a sua designação para MONUSCO.


O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, disse que o principal objectivo da Missão de Estabilização da ONU no Congo é a consolidação da paz.


Ban Ki-moon sublinhou ainda que é preciso continuar a garantir a segurança dos cidadãos.


A missão da ONU, até agora conhecida como MONUC, está activa no país desde 1999.

 O novo mandato termina em Junho do próximo ano.