Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

10 Fevereiro de 2011 | 18h20 - Actualizado em 10 Fevereiro de 2011 | 18h20

CNCA suspende frequência atribuida à rádio da ONU

Côte d'Ivoire

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar


Abidjan – O Conselho Nacional da Comunicação Audiovisual da  Côte d'Ivoire (CNCA) retirou quarta-feira à noite a frequência  atribuída à rádio da Operação das Nações Unidas na Côte d'Ivoire (ONUCI), anunciou o seu Secretariado Geral.


« A frequência (96.0 FM) atribuída à ONUCI no quadro da execução do seu mandato na Côte d'Ivoire foi retirada », indicou o CNCA, que baseia a sua decisão na « denúncia pelo chefe de Estado, Laurent Gbagbo, do acordo de sede em virtude do qual frequências foram dadas à ONUCI ».


Laurent Gbagbo pediu a 18 de Dezembro último « a retirada imediata » do território ivoiriense da ONUCI, denunciando assim o acordo de sede que liga esta organização ao Estado da Côte d'Ivoire.


O campo de Gbagbo acusa a ONUCI de apoiar os ex-rebeldes e o seu adversário, Alassane Ouattara, declarado vencedor das eleições presidenciais de Novembro passado e cuja vitória é reconhecida pela maioria da comunidade internacional.


O acordo de sede foi assinado a 29 de Junho de 2004 e a convenção para a exploração de um serviço público de radiodifusão sonora que liga a Côte d'Ivoire à ONUCI rubricada a 10 de Setembro de 2009.


Desde a segunda volta das eleições presidenciais, a Côte d'Ivoire tem dois Presidentes. Laurent Gbagbo, declarado vencedor pelo Conselho Constitucional, e Alassane Ouattara, proclamado eleito pela Comissão Eleitoral Independente (CEI) e reconhecido pela quase totalidade da comunidade internacional.