Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

07 Abril de 2011 | 08h37 - Actualizado em 07 Abril de 2011 | 08h37

Tripoli acusa britânicos de bombardear campo de petróleo

Líbia

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

           
Tripoli - O vice-ministro líbio dos Negócios Estrangeiros, Khaled Kaim, acusou as forças britânicas de bombardear quarta-feira instalações petrolíferas do campo de Al-Sarir (sudeste), noticia hoje (quinta-feira) a AFP.


              
"Bombardeamentos britânicos realizaram uma operação aérea contra o campo petrolífero de Al-Sarir, na qual mataram três seguranças do campo e feriram outras pessoas que trabalhavam no local", declarou Kaim numa conferência de imprensa.


              
Afirmou também que o ataque causou danos materiais, sobretudo no oleoduto que leva combustível de Al-Sarir ao porto de Tobruk, controlado pela rebelião.


              
Importantes campos petrolíferos estão localizados no leste da Líbia, controlado pela revolta, mas Al-Sarir, situado na bacia de Sirte, permanece nas mãos do regime de Muammar Kadhafi.


              
Um petroleiro atracou terça-feira no porto de Tobruk com o objectivo de exportar o primeiro carregamento de petróleo realizado pela rebelião líbia desde a interrupção total das exportações do país, operação que permitiria financiar a insurreição contra o coronel Muammar Kadhafi.