Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

14 Março de 2012 | 23h40 - Actualizado em 14 Março de 2012 | 23h40

IILP prepara criação de portal de Internet para ensino-aprendizagem do português

Cabo Verde

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

 
Cidade da Praia - O Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP) apresentou hoje, na capital cabo-verdiana, o projecto do portal de promoção da aprendizagem da língua portuguesa na Internet que irá ligar professores de todo o mundo, cita a Lusa.  


 
O portal, intitulado "Português da Gente, o Português de Toda a Gente", está a ser desenvolvido pelo IILP em colaboração com especialistas em aprendizagem de português como língua estrangeira, que o assessoraram no planeamento.     


 
Gilvan de Oliveira, diretor executivo do ILP, explicou que a criação do portal está prevista no Plano de Ação de Brasília para a Promoção, Difusão e Projecção da Língua Portuguesa no Mundo, aprovada em 2010 na primeira conferência sobre o futuro do Português.  


 
"A unidade de Internet permite o intercâmbio de professores de todo o mundo e a preparação de unidades didáticas que o professor ou alunos autodidatas possam utilizar", disse.  


 
Garantindo que "o material é muito inovador, pois disporá de cursos ou unidades de cada um dos oito países da CPLP".

"O aluno poderá escolher que português quer aprender e haverá lições preparadas por cada um dos países, com as suas respetivas características", disse.  


 
O contacto com o português de todos os oito Estados da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) será garantido nesse portal "tipo Wikipédia", em que todos os utilizadores da língua portuguesa vão poder interagir e colaborar gratuitamente.  


 
"O curso ocupará um portal na Internet que permite o acesso no mundo todo, de forma gratuita, e ainda permitirá aos professores preparar o material e mandá-lo para o portal como se fosse a Wikipédia. Todos os professores serão autores e cada professor no mundo poderá colaborar  colocando o seu exercício", disse  Será acoplado aos elementos mais modernos da Internet, onde o aluno terá, em redor da sua unidade, acesso a dicionários "on-line", "chats" e ao amazon.pt, onde se poderá adquirir livros em português.  


 
Além disso, segundo o IILP, o material utilizado pelos internautas será analisado para recolher pistas para aprimorar o serviço que se quer prestar. 


 
"É possível através de um pacote de estatísticas saber que tipo de demandas há, que tipo de perfil acede ao portal e o que precisa ser feito para aprimorar o curso", disse Gilvan de Oliveira.

  
 
Para desenvolver o projeto há uma comissão composta por especialistas no ensino do português como Língua Estrangeira e por pontos focais indicados pelas Comissões Nacionais de cada país, havendo ainda um provedor do IILP em Cabo Verde, enquanto centro de operações.  


 
O projecto do portal apresentado hoje vai ser analisado na Reunião do Conselho Cientifico do IILP que terá lugar em Maio, em Cabo Verde. Se aprovado, passar-se-á à fase de procura de financiamento para a implementação.  


 
Eudileize Mendes, consultora e linguista brasileira, presente na reunião, explicou que a principal vantagem do portal será a interação entre os diversos públicos.  


 
"Imagine um portal com muitos recursos, que pode atingir um público que um curso presencial não teria. Além dos recursos didáticos, vamos disponibilizar muitas ferramentas que vão possibilitar a interação entre professores e alunos, mas também a todos os que se interessam pelo português no Mundo", explicou.