Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

24 Maio de 2013 | 17h28 - Actualizado em 24 Maio de 2013 | 19h08

Antigo funcionário destaca papel da OUA em busca da liberdade de África

Angola/OUA 50 anos

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda - O antigo funcionário da Organização da Unidade Africana (OUA), o deputado angolano Fernando José de França Dias Van-Dúnem destacou hoje (sexta-feira) em Luanda, o papel desempenhado pela OUA em busca da liberdade do continente negro.


França Van-Dunen falava  numa palestra subordinada ao tema  "Pan-africanismo e o renascimento africano", em alusão aos 50 anos da criação da Organização da Unidade Africana(OUA), a ser celebrado sábado.


O Deputado e também docente universitário, que durante 10 anos foi funcionário da OUA descreveu a trajectória histórica da organização que marcou esse complexo projecto-político implementado por proeminentes figuras africanas, como Hailé Selassie (Etiópia), Kwame Nkrumah (Ghana), Sekou Touré (Guiné Conakry), Modibo Keita (Mali),  Abdel Gamal Nasser (Egpito), Hassan II (Marrocos), Siad Barré (Somália), entre outros.


Segundo o palestrante, a OUA  buscou a sua inspiração nos ideais do Pan-africanismo, que advogava a criação imediata de uma organização económica continental. 


Nesse dominio, indicou que o desenvolvimento económico e social do continente foi mal sucedido, apesar da OUA ter promovido a harmonização das políticas dos seus membros, na prática não atingiu os objectivos.


Na opinião de França Nan-Dunem, vários projectos foram concebidos nesse dominio, mas ainda não sairam das gavetas.


A OUA completa sábado, 25 de Maio,  50 anos da sua fundação, cuja a efeméride terá o acto central na cidade de Addis-Abeba, Etiópia, onde se espera grandes estadistas da comunidade internacional.
Fernando José de França Dias Van-Dúnem é um político angolano membro do MPLA. Foi durante dois períodos primeiro-ministro de Angola.


Frequentou a Universidade de Coimbra (Portugal) e é doutorado em Direito. Além de primeiro-ministro, foi ministro da Justiça, ministro das Relações Exteriores, embaixador da OUA na ONU.


Foi presidente da Assembleia Nacional da República de Angola. Actualmente exerce o cargo de primeiro vice-presidente do Parlamento Pan-Africano e é Professor da Universidade Católica de Angola. Recentemente, foi candidato derrotado a juiz do Tribunal Internacional do Direito do Mar.