Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

01 Maio de 2016 | 19h56 - Actualizado em 01 Maio de 2016 | 19h55

Congo: Divulgado novo Governo

Brazzaville - O chefe de Estado congolês, Denis Sassou Nguesso, divulgou sábado à noite, em Brazzaville, o novo Governo liderado pelo primeiro-ministro Clément Mouamba, cuja lista foi apresentada pelo director do gabinete presidencial, Firmin Ayessa, anunciou neste domingo à rádio de Estado.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente do Congo,Denis Sassou Nguesso, que apresentou novo governo

Foto: Pedro Parente

Segundo Firmin Ayessa, trata-se de um Governo de ruptura marcado pela entrada de jovens e pela partida de quatro dos cinco antigos ministros de Estado (Isidore Mvouba, do Desenvolvimento Industrial, Rodolphe Adada, dos Transportes, Florent Ntsiba, da Segurança Social e Aimé Emmanuel Yoka , da Justiça).

Saído do Governo há oito meses e muito activo durante a campanha eleitoral junto do Presidente Denis Sassou Nguesso, Alain Akouala Atipault volta para ocupar a pasta das Zonas Económicas Especiais.

Entre os jovens que entram está o caso de Léon Juste Ibombo, nos Correios, Arlette Soudan Nonault, na pasta do Turismo e Lazeres ou ainda Ingrid Olga Ebouka Babakas, no Ministério do Planeamento.

Gilbert Ondongo, ministro das Finanças há sete anos, perde este cargo que volta a Calixte Ganongo, mas fica ministro de Estado da Economia. Henri Djombo, que dirigiu a Economia Florestal durante 19 anos, torna-se ministro de Estado da Agricultura e Pecuária.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Jean Claude Gakosson; da Comunicação, Thierry Moungalla; do Interior, Raymond Zéphirin Mboulou; e da Defesa, general Charles Richard Mondjo, conservam os seus departamentos ministeriais.

Assuntos República do Congo  

Leia também