Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

11 Junho de 2016 | 23h40 - Actualizado em 12 Junho de 2016 | 20h27

ONU pede mobilização mundial contra Boko Haram após ataque no Níger

Niamey - O coordenador humanitário das Nações Unidas no Níger, Fodé Ndiaye, pediu à comunidade internacional, neste sábado, que mobilize seus recursos diante da crise resultante do maciço ataque do Boko Haram a Bosso, no sudeste do Níger.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da ONU

Foto: angop

"Antes desses acontecimentos, tínhamos US$ 75 milhões em nosso plano de resposta humanitária. No momento em que eu falo com vocês, faltam US$ 3 a cada US$ 4, e isso já antes desses acontecimentos. É importante ter uma maior mobilização da comunidade internacional", disse Ndiaye, à AFP, ao voltar de Diffa, capital da província onde ocorreu o ataque.

Segundo as autoridades nigerinas, 26 soldados foram mortos na semana passada em um assalto lançado pelo Boko Haram a Bosso, uma localidade do Níger próxima à fronteira com a Nigéria e com o Chade.

Cerca de 50.000 pessoas fugiram dessa região, em um sector que já acolhe inúmeros acampamentos de refugiados, devido à perseguição do Boko Haram.

"São milhares de pessoas que estão nas estradas (...) em condições extremamente difíceis, sem água, sem abrigo. Alguns estão espalhados debaixo das árvores com esse calor inclemente nesse mês do Ramadã", continuou Ndiaye.


"Em Kijendi (acampamento com 12.000 pessoas antes do ataque), normalmente, o médico recebe dez pacientes (por dia). Agora, ele recebe 100 por dia", completou.

Assuntos Terrorismo   África  

Leia também
  • 07/02/2019 18:55:29

    Arrancou sessão ordinária do Conselho Executivo da União Africana

    Addis Abeba - A 34ª Sessão Ordinária do Conselho Executivo da União Africano (UA) arrancou hoje na capital etíope, Addis Abeba, para debater sobre os principais desafios nos 54 Estados membros, particularmente no que concerne à estabilidade, segurança e a paz nas suas fronteiras.

  • 05/02/2019 17:08:20

    BBC lança Prémio Komla Dumor 2019 de jornalismo africano

    Londres - A Corporação Britânica de Radiodifusão (BBC) procura promover os profissionais do jornalismo africano através do seu Prémio Komla Dumor, que já vai na sua quinta edição, anunciou hoje o grupo britânico no seu site noticioso.

  • 05/02/2019 13:28:18

    Suspeitos de desvio na Segurança Social guineense aguardam julgamento em liberdade

    Bissau - As duas pessoas detidas pela Polícia Judiciária da Guiné-Bissau, suspeitas de desviar mais de 200 mil euros do Instituto Nacional de Segurança Social, vão aguardar julgamento em liberdade, disse segunda-feira fonte daquela força de investigação criminal.

  • 05/02/2019 12:34:06

    Países ocidentais revelam apreensão com "obstáculos" ao investimento

    Johanesburgo - A África do Sul expressou desapontamento neste domingo depois que os Estados Unidos e outras potências ocidentais escreveram ao presidente Cyril Ramaphosa a pedir que ele enfrentasse a corrupção e disse que esses países violaram o protocolo diplomático.