Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

23 Julho de 2016 | 12h29 - Actualizado em 23 Julho de 2016 | 12h20

África do Sul: Conferência sobre Sida termina com pedido de mais financiamento

Durban - A 21ª Conferência Internacional sobre a Sida na África do Sul terminou nesta sexta-feira com apelos para que se aumente o financiamento da luta contra a doença, enquanto a busca pela cura continua e 2,5 milhões de pessoas continuam a infectar-se pelo HIV por ano.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da SIDA

Foto: divulgação

"O trabalho simplesmente não é feito", disse a presidente da Sociedade Internacional de Sida (IAS), Linda-Gail Bekker, para milhares de delegados na cerimónia de encerramento do evento.

"Durante os cinco dias da conferência, 15.000 pessoas que vivem com HIV morreram, (...) e mais de 28.000 foram infectadas com o HIV", acrescentou.

"Isto me indigna e me assusta e não vejo espaço para complacência", completou Bekker.

Cerca de 15.000 cientistas, activistas e doadores reuniram-se na cidade portuária sul-africana de Durban para discutir os mais recentes avanços na luta contra uma epidemia que matou mais de 30 milhões de pessoas em 35 anos.

Enquanto o número de novas infecções se estabilizou, o financiamento sofreu uma queda.

Um estudo da ONUSIDA e da Fundação Kaiser Family apresentado na conferência apontou uma queda de biliões de dólares em financiamentos de governos, de USD 8,6 biliões em 2014 para USD 7,5 biliões no ano passado.

"Estamos num momento particularmente crítico para o futuro do financiamento", disse Bekker, que é a primeira mulher africana a comandar o IAS.

O alerta chega dois meses antes de uma conferência da organização de financiamento internacional Fundo Global no Canadá.

O Fundo Global foi criado em 2002 com o objectivo de arrecadar dinheiro para a luta contra a Sida, a malária e a tuberculose.

A organização está pedindo um financiamento de pelo menos USD 13 biliões dos governos doadores.

Uma falha na tentativa de preencher esse défice só custaria mais dinheiro, disse a Rede de Advogados do Fundo Global no início desta semana.

Um estudo divulgado pelo grupo nesta semana alertou sobre 21 milhões de mortes evitáveis por Sida e 28 milhões de novas infecções pelo HIV nos próximos seis anos se o Fundo Global não conseguir os USD 13 biliões solicitados.

"Tudo se resume a isso: se as pessoas vivem ou morrem em muitos países é algo que vai depender de como os doadores respondem ao chamado do Fundo Global para a acção", disse Bekker. "Vidas dependem do Fundo Global", completou.

Cerca de 36 milhões de pessoas no mundo vivem com o HIV e a AIDS, principalmente na África sub-sahariana.

Destes, apenas 17 milhões estão a receber tratamento.

A ONU definiu 2030 como o prazo final para acabar com a epidemia de Sida.

Assuntos África do Sul  

Leia também
  • 30/01/2019 19:31:48

    África do Sul: Ramaphosa envia condolências ao povo filipino

    Cidade do Cabo - O presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, endereçou nesta quarta-feira as suas condolências ao seu homólogo filipino Rodrigo Duterte e ao povo das Filipinas, na sequência dos ataques terroristas de domingo que deixaram 200 mortos e vários feridos, na catedral de Jolo, no sul das Filipinas.

  • 21/01/2019 18:34:51

    África do Sul vai apoiar Zimbabwe com créditos e redução da dívida

    Pretória - O ministro sul-africano das Finanças, Tito Mboweni, anunciou hoje que o seu governo irá brindar ao Zimbabwe créditos a curto prazo e ajudará a nação vizinha a renegociar a sua dívida externa, de mais de sete mil e 400 milhões de dólares.

  • 17/01/2019 16:12:32

    Moçambique pede à África do Sul extradição de Manuel Chang - advogado de defesa

    Joanesburgo - As autoridades de Moçambique pediram a extradição do antigo ministro das Finanças moçambicano Manuel Chang, depois de também os Estados Unidos terem feito o mesmo pedido, disse hoje em entrevista à Lusa o advogado de defesa.

  • 14/01/2019 19:29:50

    Presidentes da África do Sul e de Moçambique reúnem-se em Maputo

    Pretória - O presidente sul-africano Cyril Ramaphosa, viajou hoje para Maputo onde deverá manter encontro com o seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi, com uma agenda que inclui questões bilaterais, regionais e internacionais de interesse nacional.