Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

26 Outubro de 2016 | 11h48 - Actualizado em 26 Outubro de 2016 | 11h48

Cabo Verde: Novo embaixador promete esforço acrescido para estreitar mais relações com Portugal

Praia - O novo embaixador de Cabo Verde em Portugal, Eurico Monteiro, apontou como "primeira preocupação" da sua missão em Lisboa a realização "de um esforço acrescido" para estreitar ainda mais as relações entre os dois países.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeiras de Cabo Verde e de Portugal

Foto: angop

"A primeira preocupação tem a ver com esse esforço que deve ser feito para estreitar cada vez mais as relações entre Cabo Verde e Portugal, já que se reconhece que é um parceiro estratégico, histórico, com quem temos laços especiais de amizade e de afinidade cultural", disse Eurico Monteiro.

O embaixador falava terça-feira aos jornalistas, na cidade da Praia, no final da sua tomada de posse como chefe da missão diplomática cabo-verdiana em Lisboa.

"Vai-se fazer ainda esse esforço acrescido de estreitar essas relações e de tentar maximizar a cooperação e as vantagens para Cabo Verde e Portugal", acrescentou.

Eurico Monteiro apontou ainda como "preocupação essencial" a aposta numa "diplomacia económica que seja capaz de projectar o país pelo mundo e atrair investimentos".

A resposta da representação diplomática e dos serviços consulares à comunidade cabo-verdiana em Portugal, a maior da Europa, foi apontada como o terceiro pilar da acção do embaixador.

"Queremos levar mais Cabo Verde a Portugal e às nossas comunidades, estreitar ainda mais essas relações, mas não só do ponto de vista sentimental, cultural, político, mas também esta vontade de querer prestar serviços de qualidade", disse.

"A nossa comunidade é exigente e tenho esta missão especial de criar as condições necessárias para que a nossa representação possa prestar um serviço eficiente e de qualidade aos cabo-verdianos que residem em Portugal", acrescentou.

O embaixador prometeu ainda "máxima atenção" e "diligências no curto prazo" relativamente ao dossiê das deportações de Portugal para Cabo Verde de cabo-verdianos condenados, reconhecendo tratar-se de "um dossier complexo".

"Não é um dossier que possamos dizer que à partida tem soluções de curto prazo, mas estou convencido que no quadro dos constrangimentos existentes, haverá janelas de oportunidade para que se possa melhorar", adiantou.

Eurico Monteiro, advogado, ex-deputado e combatente da liberdade da Pátria, sucede a Madalena Neves como titular da missão diplomática cabo-verdiana em Portugal.

A sua nomeação, tal como a do antigo primeiro-ministro Carlos Veiga para a embaixada nos Estados Unidos, estiveram envoltas em polémica por se ter optado para os dois postos, por dois embaixadores políticos em detrimento de diplomatas de carreira.

Assuntos Cabo Verde  

Leia também
  • 30/01/2019 14:45:55

    Marinha portuguesa doa 10 toneladas de material social em Cabo Verde

    Praia - A Marinha portuguesa está desde segunda-feira, no Mindelo, a proceder a entrega de 10 toneladas de material social em Cabo Verde, além de realizar diversas actividades de cooperação com as forças armadas cabo-verdianas, em especial com a Guarda Costeira e Fuzileiros.

  • 30/01/2019 13:27:33

    Luxemburgo investe três milhões de euros no sector da água e saneamento

    Praia - As autoridades de Luxemburgo vão investir, este ano, cerca de três milhões de euros (cerca de 330 milhões de escudos cabo-verdianos), no sector da água e saneamento em Cabo Verde, segundo a encarregada de Negócios da Embaixada luxemburguesa no arquipélago, Angèle da Cruz, noticiou a Pana.

  • 28/01/2019 16:10:23

    Exportações em Cabo Verde sobem 44,3% em 2018 e Espanha é o principal destino

    Praia - As exportações em Cabo Verde aumentaram 44,3% em 2018, relativamente ao ano anterior, mantendo-se Espanha como o principal cliente, enquanto Portugal continua a ser o principal fornecedor do país, mas registou uma quebra de 2,3 pontos percentuais.

  • 23/01/2019 18:50:22

    Governo de Cabo Verde cria fundo soberano de 90 milhões de euros

    Praia - O governo de Cabo Verde constituiu um Fundo Soberano com uma dotação inicial de 90 milhões de euros para apoiar empresas nacionais, anunciou o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças cabo-verdiano, noticia a RFI.