Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

01 Novembro de 2017 | 12h08 - Actualizado em 01 Novembro de 2017 | 12h08

Camarões: Cinco crianças morrem em atentado suicida

Yaoundé - Cinco crianças foram mortas terça-feira e outras duas ficaram feridas num ataque suicida no norte dos Camarões, mergulhado em recorrentes ataques atribuídos aos jihadistas nigerianos de Boko Haram, soube à AFP de fontes de segurança.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa dos Camarões

Foto: pesquisa

"Uma menina suicida fez-se explodir (terça-feira) às 19h45" hora local (18h45 TMG) na aldeia de Zamga, a dois quilómetros da fronteira nigeriana, anunciou sob anonimato um responsável local da segurança.

"Cinco crianças morreram e outras duas ficaram feridas", acrescentou, precisando que a kamikaze também morreu na explosão.

O atentado e o balanço foram confirmados à AFP por outra fonte da segurança.

Um grupo de crianças estava a brincar quando "uma menina entrou" no meio delas, accionando a sua carga explosiva, explicou o responsável de segurança.

No domingo e segunda-feira, pelo menos 20 pessoas morreram nos ataques do grupo Boko Haram na Nigéria e nos Camarões.

Desde 2014, altura em que o Camarões entrou em guerra contra o Boko Haram, o grupo já matou "2.000 civis e militares" e sequestrou "mil pessoas" no norte do país, segundo o Centro de Análise Internacional Crisis Group (ICG).

Desde a sua aparição há oito anos, o Boko Haram, activo nos países que fazem fronteira com o Lago Tchad (Nigéria, Camarões, Níger e o Tchad), causou a morte de pelo menos 20 mil pessoas.

Assuntos Camarões  

Leia também
  • 27/10/2017 13:36:42

    Camarões: Guterres vai encontrar-se com presidente Biya em Yaoundé

    Bangui - O Secretário-Geral da Nações Unidas, António Guterres, vai reunir-se nesta sexta-feira à noite com o presidente camaronês, Paul Biya, durante uma escala por Yaoundé, onde irá "analisar a evolução" da crise nas regiões anglófonas, anunciou o chefe da ONU à AFP.

  • 24/10/2017 13:47:11

    Camarões: Milhares de camaroneses anglófonos fogem para a Nigéria

    Yaoundé - Pelo menos 10 mil camaroneses fugiram para a Nigéria nas últimas semanas devido à tensa situação que o país vive nas áreas anglófonas, onde os cidadãos exigem o regresso ao federalismo ou a independência, informaram nesta terça-feira a imprensa local.

  • 16/10/2017 16:06:31

    Camarões: Primeiro-Ministro em zona anglófona para "dialogar" com elites locais

    ~Yaoundé - O Primeiro-Ministro camaronês, Philemon Yang, iniciou nesta segunda-feira, as consultas em Bamenda, no nordeste dos Camarões, no quadro de um processo de "diálogo" com as populações das zonas anglófonas do país, assoladas por uma grave crise política, noticiou à rádio estatal, citada pela AFP.