Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

20 Março de 2017 | 16h22 - Actualizado em 20 Março de 2017 | 16h22

Quénia: Presidente destaca papel das suas tropas na Somália

Nairobi - O presidente queniano, Uhuru Kenyatta, declarou domingo, em Mogadíscio, que as tropas do seu país integradas na Missão da União Africana na Somália (Amison), ajudaram a libertar as pessoas do temor do Al-Shabab, noticiou a Prensa Latina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Uhuru Kenyatta - Presidente do Quénia.

Foto: PIUS UTOMI EKPEI

Kenyatta realizou sábado uma visita à Somália, considerada pela imprensa local como um acontecimento histórico, durante a qual se reuniu com os militares da Amison na base de Dhobley, localidade do sudoeste do país vizinho.

O comandante-em-chefe das Forças de Defesa do Quénia (KDF) agradeceu aos soldados pelo sacrifício e serviço à sua pátria, tendo sublinhado à disposição das suas tropas de continuar a neutralizar a ameaça de Al-Shabab.  

"Sua presença aqui, na Somália, tem salvado muitas vidas e, por isso, os quenianos sempre estarão em dívida convosco", disse.

O campo militar de Dhobley é a sede da Amison, um centro neuvrálgico e uma base de respaldo para ONU.

O chefe de Estado assegurou aos soldados da Amison, o apoio dos governos.

"Estamos a falar com o novo governo somali para explicar-lhe a importância de construir o seu exército para que (vocês) possam regressar ao seu país. Essa é a nossa estratégia de saída", afirmou Kenyatta.

Esta foi a primeira visita do presidente queniano à Somália, no âmbito das acções de elevação moral das tropas quenianas, tendo estado já nesse país do Corno de África em outras missões de Estado.

Assuntos Visita  

Leia também