Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

11 Agosto de 2017 | 18h07 - Actualizado em 11 Agosto de 2017 | 18h47

África do Sul: Ministro apela ao ANC a unir-se a Jacob Zuma

Soweto (África do Sul) - Um ministro sul-africano apelou, nesta sexta-feira, em Soweto, ao seu partido, o Congresso Nacional Africano (ANC), a unir-se ao presidente Jacob Zuma, que sobreviveu, esta semana, a mais uma moção de censura.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jacob Zuma - Presidente da África do Sul

Foto: Angop

Terça-feira, um grupo de pequeno deputados do ANC "amotinou-se", votando a favor da moção, apresentada pela oposição, o que denota alguma  divisão no seio do partido, no poder desde 1994.

"Devemos juntar-nos ao presidente, até que este termine o seu mandato, em Dezembro" à frente do ANC, declarou o ministro da Polícia, Fikile Mbalula, numa entrevista à agência AFP, em Soweto, subúrbio de Joanesburgo.

Em Dezembro, o ANC deve eleger um novo líder, que sucederá a Jacob Zuma, no posto.

Dois nomes figuram entre os favoritos para suceder a Jacob Zuma, à frente do ANC: O actual vice-presidente, Cyril Ramaphosa e Nkosazana Dlamini-Zuma, antiga presidente da Comissão da União Africana (UA), que conta com o apoio do chefe de Estado e seu ex-marido.
 

Assuntos África do Sul  

Leia também