Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

04 Outubro de 2017 | 07h09 - Actualizado em 04 Outubro de 2017 | 09h59

Congo: Dezanove mil professores são precisos para ano lectivo 2017-2018

Brazzaville - O Congo regista um défice de quase 19 mil professores para o ano lectivo 2017-2018, revelou esta terça-feira o ministro congolês do Ensino Primário e Secundário para a Alfabetização, Anatole Collinet Makosso, informou a PANA.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa do Congo

Foto: Divulgação

Para o reinício das aulas do ano escolar 2016-2017, este défice era de 14 mil docentes e foi acentuado pela partida para a aposentação do pessoal docente e pelo bloqueio dos recrutamentos pelo Estado na sequência da crise económica dos agentes do Estado, há quase três anos, explicou o governante congolês.

"Cada ano cinco mil a seis mil professores vão à aposentação e, se nada for feito, para o renovamento deste pessoal, este défice vai atingir a cifra de 36 mil até 2019", advertiu.

Leia também