Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

02 Outubro de 2017 | 05h09 - Actualizado em 02 Outubro de 2017 | 10h05

Congo: UNESCO apoia pesquisa tecnológica e oceanográfica no país

Brazzaville - A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) deseja apoiar o Congo na pesquisa tecnológica e oceanográfica, anunciou a sua representante, Ana Elisia de Santana Afonso.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da UNESCO

Foto: Divulgação

"Nós abordamos sobre o apoio da UNESCO ao Centro de Pesquisa e Iniciação dos Projetos Tecnológicos (CRIPT) e ao Instituto de Pesquisa em Ciências Exactas e Naturais (IRSEN)", precisou.

Leia também
  • 08/01/2019 19:54:18

    Presidente Sassou Nguesso apela à calma e moderação na RDC após eleições

    Brazzaville - O presidente da República do Congo, Denis Sassou Nguesso, apelou aos cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) a observar a calma e moderação enquanto se espera pelos resultados das eleições gerais de 30 de Dezembro, noticia a Africanews.

  • 28/12/2018 13:15:27

    Satélite Nano sul-africano em órbita para observar oceanos

    Pretória - O primeiro satélite nano da África do Sul foi colocado em órbita na Rússia nesta quinta-feira (27) para observar os seus oceanos, localizar incêndios em planaltos e detectar violações do território deste país da África Austral, anunciou hoje.

  • 02/10/2018 17:06:38

    Congo: OMS deplora "lentidão" na luta contra malária

    Brazzaville - A Organização Mundial da Saúde (OMS) deplorou num relatório, em Brazzaville, a estagnação verificada no combate contra o paludismo depois de um período de amplo progresso.

  • 07/09/2018 13:27:03

    Recolhidas cerca de duas mil armas de guerra no Congo

    Brazzaville - Perto de duas mil armas e munições de guerra, das três mil previstas, foram já foram recuperadas das milícias Ninja do ex-líder rebelde, o pastor Ntoumi.