Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

06 Outubro de 2017 | 19h59 - Actualizado em 06 Outubro de 2017 | 19h58

Quénia: Polícia dispersa manifestação contra Comissão Eleitoral

Nairobi - A Polícia queniana dispersou nesta sexta-feira, com gás lacrimogéneo, três mil pessoas que se preparavam para se manifestar contra a Comissão Eleitoral, em Kisumu (Oeste), bastião da oposição, em Nairobi e em Mombasa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa do Quénia

Foto: angop


Esta é mais uma das manifestações convocadas pela oposição, depois do
Tribunal supremo ter invalidado a eleição presidencial de 8 de Agosto último,
ganha pelo Presidente cessante, Uhuru Kenyatta.

Os manifestantes reclamam a demissão do director do IEBC, Ezra Chiloba,
por se ter notado que a eleição por ele organizada estava manchada de
irregularidades na transmissão dos resultados.

Recorde-se que depois de a Justiça ter invalidado a eleição presidencial de
8 de Agosto último, depois do recurso da oposição, esta desencadeou, no
fim de Setembro, uma campanha contra a Comissão Eleitoral (IEBC),
apelando à manifestações, sistematicamente reprimidas pela Polícia.

A nova eleição presidencial está prevista para o dia 26 de Outubro.

Há quase um mês que o regime e a oposição estão envolvidos numa
retórica, em que o opositor Raila Odinga condiciona a sua participação a
uma nova eleição presidencial a remodelação profunda da Comissão
Eleitoral.

Por seu lado, o governo exclui qualquer remodelação profunda da
instituição e iniciou uma reforma da lei eleitoral, que aposição considera
como instrumento para legalizar as irregularidades e as ilegalidades
levantadas pelo Tribunal supremo, no seu julgamento.

Assuntos Manifestações  

Leia também