Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

08 Fevereiro de 2018 | 16h48 - Actualizado em 08 Fevereiro de 2018 | 19h21

Camarões: UE recomenda "uso proporcional da força" nas regiões anglófonas

Yaoundé - A União Europeia (UE) estima que o exército camaronês deveria fazer "um uso proporcional da força" nas regiões anglófonas do noroeste e sudoeste do país, segundo um comunicado recebido nesta quinta-feira, pela AFP.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

MAPA DOS CAMARÕES

Foto: ANGOP

A porta-voz do Serviço Exterior da União Europeia, Catherine Ray, disse em declaração publicada no site da UE sobre a situação no Oeste dos Camarões, que o recurso à violência não permite atingir os objectivos políticos, pelo que é necessário que as forças da ordem façam uso proporcional da força no exercício das suas funções.

As forças de segurança desdobraram grandes despositivos na região para dissuadir os ataques de presumíveis separatistas contra os símbolos do Estado. Vinte e dois polícias  e soldados foram mortos desde o início da crise, segundo uma contagem da AFP, estabelecida com base em declarações oficiais.

As regiões do noroeste e sudoeste, fronteiriças com a Nigéria, albergam os habitantes anglófonos, ou seja, 20 por cento da população camaronesa, que são sacudidas desde há mais de um ano, por uma profunda crise sócio-política, que se converteu em conflito armado de baixa intensidade.

A situação de segurança nas zonas anglófonas dos Camarões deteriorou-se consideravelmente desde o anúncio em finais de Janeiro, da extradição de 47 separatistas detidos na Nigéria, dos quais o seu líder Sisiku Ayuk Tabe.

Assuntos Camarões  

Leia também
  • 14/03/2018 13:58:02

    Camarões: Aumento do nível de alerta na fronteira com a RCA

    Yaoundé- As Forças de Defesa e de Segurança camaroneses aumentaram, a partir de segunda-feira ultima, o nível de alerta na fronteira com a Republica Centro Africana (Leste), regularmente violada por grupos armados idos de outros países da região, informaram fontes locais.

  • 26/02/2018 12:07:52

    Camarões: Sequestrado delegado dos Assuntos Sociais no noroeste anglófono

    Yaoundé - O delegado regional dos Assuntos Sociais foi sequestrado no sábado em Batibo, no noroeste anglófono dos Camarões, onde um sub-prefeito já havia sido raptado a 11 de Fevereiro, noticiou nesta segunda-feira a imprensa estatal.

  • 24/02/2018 13:23:17

    Camarões: Partido da oposição apresenta candidato as eleições presidenciais

    Bamenda (Camarões) - A Frente Social Democrata (SDF), principal partido da oposição nos Camarões, investiu neste sábado, em Bamenda, Joshua Osih, 49 anos, candidato as eleições presidenciais de 2018, dois dias após a desistência do principal opositor, Ni John Fru Ndi, noticiou a AFP.

  • 22/02/2018 17:48:36

    Camarões: Principal opositor fora das presidenciais

    Bamenda (Camarões) - O principal opositor camaronês de origem anglófono, Ni John Fru Ndi, não será candidato à eleição presidencial prevista para final de 2018, nos Camarões, anunciou nesta quinta-feira, em Bamenda, durante o congresso do seu partido, a Frente Democrática Social (SDF), noticiou a AFP.