Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

14 Fevereiro de 2018 | 11h54 - Actualizado em 14 Fevereiro de 2018 | 11h54

Moçambique: Campanha contra abstenção no próximo ciclo eleitoral arranca hoje

Maputo - A Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Moçambique lança hoje uma campanha de educação cívica para combater a abstenção no próximo ciclo eleitoral, anunciou a Lusa a instituição.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

vista parcial da Cidade de Maputo

Foto: foto de Lino Guimarães

"Esta campanha deve servir de mecanismo de mobilização de toda a população", defende Abdul Carimo, presidente da CNE.

Os objectivos passam por "informar o eleitor sobre o valor do seu voto" e "incentivar à participação com civismo", referiu na terça-feira ao apresentar a iniciativa.

A campanha vai decorrer durante 45 dias, com acções de sensibilização por todo o país, numa altura em que Moçambique se prepara para eleições autárquicas dentro de oito meses (a 10 de Outubro), enquanto eleições gerais vão realizar-se em 2019.

Em Outubro de 2014, a abstenção foi de 51,51% nas legislativas e de 51,36% nas presidenciais. Nas autárquicas de 2013, a abstenção foi de 54,44%.

O recenseamento eleitoral que vai servir de base para os cadernos, que estarão nas mesas de voto, arranca no dia 01 de Março deste ano.

Assuntos Moçambique  

Leia também