Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

07 Dezembro de 2018 | 11h17 - Actualizado em 07 Dezembro de 2018 | 11h17

RDC: ADF-NALU mata pelo menos 12 pessoas

Beni - Pelo menos 12 civis foram mortos na quinta-feira pelas ADF-NALU em Mayangose, região de Beni, Leste da República Democrática do Congo (RDC), soube à Xinhua junto de fontes de segurança no local.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da RDC

Foto: Angop

Segundo as mesmas fontes, as vítimas foram mortas por volta das 07 horas, quando se dirigiam para os seus campos.

Durante o dia, o Exército tentou recuperar os restos mortais das vítimas mas foi impedido pela resistência feroz dos atacantes, disse o prefeito da cidade de Beni, Nyonyi Bwanakawa, acrescentando que apenas dois corpos foram recuperados.

O massacres ocorreram no momento em que  as Forças governamentais anunciaram  na semana passada, ter retomado o controlo da vila de Kididiwe, em Mayangose, ??considerada bastião estratégico daquele grupo armado os rebeldes que intensificaram os ataques em Beni e arredores, desde Novembro último.

A 13 de Novembro, as Forças Armadas congolesas e a Brigada de Intervenção da Missão de Estabilização das Nações Unidas na RDC (MONUSCO) lançaram conjuntamente a chamada operação de planeamento de Usalama para destruir os acampamentos rebeldes, de onde planificam os ataques contra a população civil.

Pelo menos sete soldados daquele contingente originários do Malawi e da Tanzânia, bem como vários outros do Exército congolês foram mortos na operação.

A operação militar e os ataques rebeldes naquela região obstaculizam seriamente a o trabalho dos profissionais da saúde contra a epidemia de Ebola que atinge parte do país, há vários meses.

Assuntos RDCongo  

Leia também
  • 06/02/2019 19:26:44

    Crianças representam 30 por cento dos casos confirmados de Ébola na RDC

    Kinshasa - Mais de 700 pessoas, das quais 30 por cento são crianças, foram infectadas pela epidemia de Ébola, há seis meses, na República Democrática do Congo (RDC), doença que matou mais de 460 pessoas desde Agosto de 2018, anunciou o UNICEF.

  • 05/02/2019 19:49:08

    RDC: Chefe do serviço de informação pede demissão

    Kinshasa - O administrador-geral da Agência Nacional de Informação (ANR, na sigla em francês), Kalev Mutondo, pediu demissão numa carta dirigida ao novo chefe do Estado da República Democrática do Congo, Félix Tchisekedi.

  • 05/02/2019 19:11:45

    Tshisekedi mantém chefias militares da RDC

    O novo presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, visitou segunda-feira as forças sob o seu comando, na qualidade de comandante em chefe das forças armadas.

  • 05/02/2019 15:44:51

    RDC: Presidente Felix Tshisekedi recebeu embaixador chinês

    Kinshasa - O chefe de Estado, Felix Tshisekedi, recebeu em audiência na segunda-feira o embaixador chinês na República Democrática do Congo (RDC), Wang Tongqing, o qual entregou uma mensagem de felicitações do presidente chinês ao seu homólogo congolês.