Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

22 Junho de 2018 | 16h37 - Actualizado em 22 Junho de 2018 | 16h37

Tunísia: Governo anuncia captura do principal responsável da tragédia migratória

Túnis - O governo tunisino anunciou nesta sexta-feira, em Túnis, a captura do principal organizador de uma operação de tráfico de migrantes que deixou pelo menos 87 mortos, no princípio do mês em curso, noticiou a Prensa Latina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa da Tunísia

Foto: angop

O ministério da Defesa assinalou que o homem foi detido nesta sexta-feira, junto com uma outra pessoa descrita como sócio comercial, um militar, quando tentava abandonar um automóvel na localidade de Kerkema, na costa sudeste desse país do Norte de África.

Contudo, conclui-se que ambos são responsáveis pela tragédia, ocorrida nas costas dessa localidade, onde se afogaram 87 pessoas, quando a sua embarcação afundou-se.

A catástrofe provocou a demissão do ministro do Interior, Lotfi Brahem, e de dez oficiais dos serviços de segurança, por não terem conseguido deter a tempo, a embarcação na qual viajavam 180 imigrantes.

Desde então, as forças de segurança tomaram medidas enérgicas sobre a entrada de pessoas em várias partes da Tunísia.

O país do Norte de África é utilizada cada vez mais por traficantes como uma plataforma de lançamento para os migrantes que se dirigem a Europa, sobretudo desde que os guarda-costeiras da vizinha Líbia intensificaram o controlo.


 

Assuntos Imigração  

Leia também