Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

12 Julho de 2018 | 12h51 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 12h51

Cerca de mil e 800 famílias da Somália carecem de ajuda há seis meses

Mogadíscio - Cerca de mil e 800 famílias deslocadas somalis que vivem em situação de pobreza extrema carecem de ajuda alimentar há seis meses, no norte do país, anunciou uma publicação local, citada pela Prensa Latina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

MAPA DA SOMÁLIA

Foto: Pesquisa

Os somalis afectados pelo conflito interno deixaram de receber as ajudas e padecem de pobreza extrema devido às contradições entre os responsáveis dos quatro campos de assistência alimentar no norte de Ari-adeye, segundo o site de internet Hiiraan Online.

As agências de ajuda tentaram em quatro ocasiões transportar mercadorias para a população local, mas chocaram com os líderes destes centros de atendimento, divididos por pertencer a clãs rivais.

Os responsáveis ​​não foram capazes de chegar a um consenso sobre como distribuir as ajudas entre os campos de acolhimento, precisou o administrador de Ari-adeye, Abdirisaq Abdikadir.

“A administração da cidade convocou uma reunião para encontrar uma solução, mas só conseguiu distribuir a ajuda em função do sistema de clãs, visto que os viveres eram exclusivamente destinadas a apenas 250 famílias consideradas em pior situação”, acrescentou a fonte.

Assuntos Somália  

Leia também