Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

23 Julho de 2018 | 12h45 - Actualizado em 23 Julho de 2018 | 12h45

EUA condena extensão unilateral do mandato do governo do Sudão do Sul

Nairobi - Os Estados Unidos condenaram a medida legislativa que prorroga o mandato do governo do Sudão do Sul e disseram que continuam cépticos quanto à possibilidade dos líderes políticos do país supervisionarem uma transição pacífica e oportuna para a democracia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa do Sudão do Sul

Foto: Divulgação

"Um acordo entre as elites não resolverá os problemas que assolam o Sudão do Sul", disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, em comunicado citado pela Reuters.

“Na verdade, tal acordo pode semear outro ciclo de conflito. Portanto, os Estados Unidos condenam a medida legislativa que estende unilateralmente o mandato do governo”, acrescentou.

Assuntos Sudão do Sul  

Leia também
  • 17/07/2018 18:00:56

    Sudão do Sul: Rebeldes aceitam partilha do poder proposto pelo governo

    Juba - Os rebeldes sul-sudaneses liderados pelo ex-vice-presidente, Riek Machar, anunciaram nesta terça-feira, a sua aceitação ao plano de partilha do poder proposto pelo governo do presidente Salva Kiir, noticiou a Prensa Latina, citando uma fonte oficial em Juba.

  • 12/07/2018 15:48:19

    Sudão do Sul: Parlamento prorroga mandato do presidente

    Juba - O Parlamento sul-sudanês votou nesta quinta-feira, em Juba, a prorogação do mandato do presidente Salva Kiir, até 2021, na impossibilidade de se realizar este ano as eleições presidenciais, noticiou a Prensa Latina.

  • 10/07/2018 18:10:56

    Quénia: Detido ex-chefe do Estado-Maior do Exército sul-sudanês

    Nairobi - O chefe do Estado-maior general do Exército sul-sudanês, Paul Malong Anan, que se encontra sob prisão domiciliária no Quénia, a pedido do governo do seu país, foi detido, confirfmaram nesta terça-feira, fontes quenianas, citadas pela Prensa Latina.