Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

10 Agosto de 2018 | 12h20 - Actualizado em 10 Agosto de 2018 | 12h20

Líbia: Itália desmente ter sugerido o adiamento das eleições

Tripoli - A Itália desmentiu quinta-feira que o seu embaixador pediu o adiamento das eleições presidenciais e legislativas na Líbia, notícia à Xinhua.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da Líbia

Foto: Divulgação

O desmentido intervém pouco depois de o parlamento líbio, situado no Leste do país, ter denunciado as declarações do embaixador da Itália na Líbia, Giuseppe Perrone, numa recente entrevista a um canal de televisão local.

A 04 de Agosto, Perrone considerou que a realização de eleições na Líbia, antes do fim deste ano não seria possível porque Roma não está de acordo, o que suscitou  descontentamento  e manifestações nalgumas cidades da Líbia.

Quinta-feira de manha, o parlamento líbio   pediu à Itália que substituísse o seu embaixador por causa dos seus comentários inoportunos.

A Comissão de Assuntos Internacionais e da Cooperação Internacional do Parlamento da Líbia advertiu que as observações de Perrone "teriam efeitos negativos sobre as relações entre a Líbia e a Itália".

O governo líbio, apoiado pelas Nações Unidas, disse terça-feira durante uma conferência de imprensa em Tripoli, que a data das próximas eleições presidenciais e legislativas seria decidida unicamente pelos líbios.

Em Maio ultimo, a França acolheu uma reunião de emergência sobre a Líbia, com a participação das diferentes partes líbias, com vista a por fim a crise política e militar no país. As partes acordaram realizar as eleições presidenciais e legislativas ”credíveis” agendadas para 10 de Dezembro.   

Apesar da assinatura de um acordo de paz das diferentes facções políticas líbias sob a égide das Nações Unidas em Dezembro 2015, a Líbia continua politicamente dividida entre os governos do Leste e do Oeste do país, ambos reivindicando a legitimidade.

Assuntos Líbia  

Leia também
  • 05/11/2018 18:27:59

    Líbia: Deputados pedem melhores condições para o sul do país

    Tripoli - Os membros da Câmara de Representantes da região sul da Líbia, manifestaram nesta segunda-feira, em Tripoli, a necessidade de activar as instituições de serviço e encontrar soluções rápidas à difícil situação que enfrenta essa zona, noticiou a Prensa Latina.

  • 05/11/2018 11:43:55

    Líbia/Itália: Governos analisam investimentos na área dos petróleos

    Tripoli - O presidente do Conselho Presidencial líbio, Fayez al-Sarraj, reuniu-se sábado, em Tripoli, com uma delegação da petrolífera italiana "ENI", liderada pelo seu director-geral, Claudio Descalzi, para analisar os projectos e investimentos petrolíferos comuns, informou a PANA.

  • 01/11/2018 10:13:01

    Líbia: ONU vai sancionar entraves nos acordos de segurança

    Tripoli - A ONU vai sancionar qualquer tentativa de impedir a implementação dos novos acordos de segurança, em Tripoli, notícia a Xinhua, advertiu o seu representante na Líbia, Ghassan Salamé.

  • 30/10/2018 10:38:23

    Líbia: Alemanha reabre embaixada no país

    Tripoli - O embaixador da Alemanha na Líbia, Oliver Owcza, anunciou para breve a reabertura da missão diplomática do seu país em Tripoli, encerrada por causa da insegurança naquele país da África do Norte, informou terça-feira a PANA.