Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

10 Agosto de 2018 | 15h29 - Actualizado em 10 Agosto de 2018 | 15h29

Níger/Inundações: Pelo menos 22 mortos e 50 mil desabrigados

Niamey - Pelo menos 22 mortos, 49.845 desalojados e danos materiais significativos, é o balanço das fortes chuvas que se abateram em Niamey, anunciou quarta-feira, o ministro nigerino responsável pela Gestão dos desastres, Lawan Magadji.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mahamadou Issoufou, Presidente do Níger

Foto: lucas neto

As inundações dizimaram também 26.344 cabeças de gado, desabamento de 3.131 casas, 3.902 hectares de cultivos ocultos, 11 classes e 33 poços.

As regiões mais afectadas são as de Maradi (centro) com 19,283 pessoas afectadas, Diffa (Extremo Oriente) com 9,064 vítimas, seguidos por Zinder (leste) e Tahoua (Centro) com respectivamente 6798 e 6705 pessoas sinistradas.

A capital, Niamey, registou quase 2.000 pessoas desabrigadas, precisou o ministro Magadji numa conferência de imprensa.

Face à esta situação, as necessidades projectadas são estimadas em 6.262 abrigos, 307 toneladas de cereais, 31 toneladas de óleo, 31 toneladas de açúcar e 15 toneladas de sal.

O governo cobriu na totalidade as necessidades alimentares dessas populações sinistradas, até o momento", assegurou o ministro, que também precisou que ajuda importante veio de outras organizações e da comunidade humanitária.

Recorde-se que é frequentemente confrontado com inundações muito devastadoras durante o período de invernada (Julho - Setembro), que muitas vezes causam perdas significativas de vidas e equipamento, muitas vezes acompanhadas por epidemias, particularmente a malária.

Em 2016, as inundações causadas por chuvas torrenciais no Níger deixaram mais de 70 mortos, mais de 145 mil nigerinos desabrigados, mais de 55 mil pequenos ruminantes mortos, 100 horticultores, milhares de hectares de terras devastadas.

Assuntos Níger  

Leia também
  • 05/11/2018 12:10:26

    Níger/Inundações: China promete ajudar sinistrados

    Niamey - A China vai ajudar com 21 mil dólares, os sinistrados das inundações das localidades de Dollé e Tounouga, Departamento de Gaya (Sudoeste), anunciou domingo o Embaixador daquele país no Níger, Zhang Lijun, depois de visitar a área, noticiou a televisão estatal.

  • 01/11/2018 10:21:44

    Níger: G5 Sahel e Aliança Sahel assinam protocolo de parceria

    Niamey - O grupo G5 Sahel e a Aliança do Sahel assinaram, terça-feira, em Niamey, um protocolo de parceria que estabelece o quadro de colaboração e as modalidades operacionais da implementação de seus projectos conjuntos, anuncia um comunicado oficial chegado quarta-feira à PANA.

  • 11/10/2018 14:54:51

    Níger: Contratos para exploração de mineiros

    Niamey - O governo nigerino adoptou terça-feira vários projectos de textos atribuindo dez contratos de exploração mineira para empresas de pesquisa de urânio, ouro, carvão e outros metais preciosos, soube-se de fontes oficiais em Niamey.

  • 11/10/2018 14:32:56

    Níger: País propõe-se erradicar a Sida e a hepatite até 2030

    Niamey - O Conselho de ministros nigerino adoptou terça-feira, em Niamey, um projecto de decreto sobre o estabelecimento de um programa nacional visando erradicar a SIDA e a hepatite até 2030, lê-se num comunicado do governo.