Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

09 Agosto de 2018 | 13h01 - Actualizado em 09 Agosto de 2018 | 13h01

Sudão do Sul: Salva Kiir concede amnistia aos rebeldes

Juba - O presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, concedeu nesta quinta-feira a amnistia geral aos rebeldes, incluindo o seu rival Riek Machar, noticiou o grupo local de imprensa South Sudan Broadcasting Corporation.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Salva Kiir, presidente do Sudão do Sul

Foto: AFP

O decreto presidencial lido na televisão estatal indica que o presidente Kiir concedeu a amnistia geral ao “líder do Movimento de Libertação do Povo do Sudão Pessoas (SPLM-OI), Riek Machar Teny, e a outros grupos que se opõem ao governo da República do Sudão do Sul de 2013 até à data”.

Este anúncio surge dias após o governo e os grupos rebeldes terem assinado um acordo de partilha de poder em Cartum (a capital sudanesa), para por fim a uma guerra civil de quase cinco anos que já deixou dezenas de milhares de mortos.

Os combates iniciaram em Dezembro de 2013 após as acusações do presidente Salva Kiir contra Riek Machar sobre um golpe de Estado que supostamente o opositor estava a fomentar.

Riek Machar rejeitou estas acusações, tendo seguidamente mobilizado as tropas para lutar contra o governo depois de ser exonerado do cargo de vice-presidente do país.

Os beligerantes do Sudão do Sul assinaram igualmente acordos de segurança como parte de um processo de paz em curso, negociado sob a égide da IGAD, uma organização de vários países da região.

Assuntos Sudão do Sul  

Leia também