Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

10 Setembro de 2018 | 11h31 - Actualizado em 10 Setembro de 2018 | 11h30

Líbia: União europeia defende a aceleração do processo de paz

Tripoli - A alta representante da política estrangeira da União Europeia (UE), Federica Mogherini, defende a aceleração do processo de paz e à conclusão da transição política na Líbia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Federica Mogherini,chefe da Diplomacia Europeia

Foto: THIERRY CHARLIER

Numa conversa telefónica sábado com o presidente do Conselho Presidencial líbio, Fayez al-Sarraj, Mogherini a chefe da diplomacia europeia apelou aos órgãos legítimos líbios para envidarem esforços a fim de concluir a transição.

Mogherini anunciou, por outro lado, que a crise líbia estaria na agenda de uma reunião dos ministros dos Negócios estrangeiros da EU, à margem da Assembleia Geral da ONU.

A responsável europeia reiterou o apoio da do seu bloco ao governo de reconciliação nacional na Líbia, bem como aos esforços de Fayez al-Sarraj e às medidas tomadas para se remediar a situação e garantir a segurança dos cidadãos.

Também prometeu participar em fóruns internacionais e na Líbia em prol da segurança e a estabilidade, lê-se num comunicado publicado sábado pelo Escritório de Informação de al-Sarraj.

Assuntos Líbia  

Leia também
  • 07/09/2018 13:01:16

    Líbia: Marechal Haftar diz-se disposto a marchar para Tripoli

    Tripoli - Pela primeira vez desde os confrontos de Tripoli, o homem forte do leste da Líbia, Khalifa Haftar, saiu quinta-feira do silêncio durante um encontro com cerca de trinta sábios e líderes de tribos.

  • 07/09/2018 10:56:46

    Líbia: Publicados os termos do cessar-fogo

    Tripoli - Os termos do cessar-fogo em Tripoli, capital da Líbia, assinado pelos beligerantes incluem, nomeadamente a segurança dos civis e o compromisso de todas partes a evitarem qualquer acção hostil susceptível de entravar a implementação do cessar-fogo, indica um comunicado do escritório de Informação do Presidente do Conselho Presidencial líbio.

  • 06/09/2018 15:49:21

    Líbia: Confrontos em Tripoli fazem 63 mortos e 12 desaparecidos

    Tripoli - Sessenta e três pessoas morreram e 12 estão desaparecidas, na sequência dos combates em Tripoli, informou quarta-feira o Ministério líbio da Saúde, depois do anúncio pela ONU de um cessar - fogo entre os beligerantes.