Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

18 Setembro de 2018 | 17h20 - Actualizado em 18 Setembro de 2018 | 17h20

Níger: Governo confirma sequestro de sacerdote italiano

Niamey - O porta-voz do governo nigerino, Zakaria Abdourahmane, confirmou nesta terça-feira, em Niamey, que um sacerdote italiano foi sequestrado numa zona fronteiriça com Burkina Faso, onde operam vários grupos extremistas, noticiou a Prensa Latina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa do niger

Foto: angop

O responsável explicou que as investigações já tiveram início com vista a capturar os sequestradores e, consequentemente libertar o padre Pierluigi Maccalli, sem no entanto dar mais detalhes.  

Maccalli é membro da ordem religiosa da Sociedade das Missões Africanas, tem promovido no Níger iniciativas para ajudar acabar com a prática cultural da mutilação genital femenina, o que provocou certa oposição local contra si.

O ministério italiano dos Assuntos Exteriores pediu, a partir de Roma, as autoridades nigerinas a dar “prioridade” no assunto, solicitando que evitem “qualquer iniciativa que pode colocar em risco o sacerdote Maccalli”.

Na fronteira do Burkina Faso com Níger e Mali os extremistas sequestram e matam funcionários, às vezes em conexão com outros grupos islamitas que operam na vasta região do Sahel e na África Ocidental.

Os ataques aumentaram no último ano, a medida em que jovens frustrados pela pobreza se juntam à grupos armados que, com frequência, sequestram pessoas em troca de resgates.


 

Assuntos Sequestro  

Leia também