Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

20 Setembro de 2018 | 18h50 - Actualizado em 20 Setembro de 2018 | 18h50

Somália: Ataque aéreo mata 12 membros do grupo Al-Shabab

Mogadíscio - Pelo menos 12 membros do grupo terrorista somali Al-Shabab morreram e vários outros ficaram feridos em um ataque aéreo no sul do país, informou nesta sexta-feira o governo, citado pela Prensa Latina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

MAPA DA SOMÁLIA

Foto: ANGOP

A operação realizada quinta-feira, na cidade de Sakow, região de Jubba central, teve como objectivo eliminar os vários líderes dessa organização fundamentalista, entre os quais o ex-chefe da cidade de Kismayo, Hassan Yacqub, que ficou ferido, adiantou o vice-ministro da Informação, Adam Isak Ali.

Segundo o sitio Hiiraan Online, três crianças morreram na destruição de uma escola realizada por um só avião que lançou quatro projécteis.

A aeronave bombardeou a escola e um hospital de Sakow, região que sofre ataques regulares dos Estados Unidos e do Quénia, assegurou a publicação.

De acordo com estatísticas do governo, essa organização integrista conta no país com pelo menos sete mil milicianos que continuam no sul e centro do país.

Al-Shabab, frase que em árabe significa “os jovens”, surgiu em 2006, como ala radical do desaparecido Conselho dos Tribunais Islâmicos, juntou-se em 2012 à Al-Qaida e luta actualmente para derrubar o governo para impor um califado baseado na lei islâmica ou Charia.


 

Assuntos Ataque  

Leia também