Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

16 Janeiro de 2019 | 19h19 - Actualizado em 16 Janeiro de 2019 | 19h19

Burkina Faso: Pelo menos três mortos num ataque no norte do país

Ouagadougou - Pelo menos três pessoas foram mortas na aldeia de Gasseliki, no norte do Burkina Faso, durante um ataque armado registado três dias após o ataque terrorista que provocou a morte de 12 pessoas, na mesma aldeia, no sábado passado, soube-se de fontes locais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa do Burkina Faso

Foto: Divulgação

Segundo um líder local, indivíduos armados atacaram a aldeia e abriram fogo em todo o lado, deixando três mortos e vários feridos.

Por sua vez, outra fonte local sublinhou que “os habitantes da aldeia já viviam com medo, depois do ataque da semana passada, que custou a vida a uma dezena de pessoas”.

No sábado passado, um ataque perpetrado por 36 indivíduos armados ao meio do dia, causaram a morte de duas pessoas e deixaram dois feridos outras, confirmou o ministério da Segurança em comunicado.

“Este ataque provocou a deslocação de mais de cinco mil pessoas”, indicou por sua vez o ministério da Acção social.

Desde 2015, a situação de segurança degradou-se na África do oeste. Desde então, mais de 270 pessoas, entre elas membros das Forças de defesa e segurança, foram mortas em ataques terroristas.

Na passada sexta-feira, o Parlamento burkinabe adoptou por unanimidade o Projecto Lei que prorroga para seis meses o estado de emergência em 14 províncias do país, vítimas de ataques terroristas.

Assuntos Burkina Faso  

Leia também