Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

30 Janeiro de 2019 | 19h31 - Actualizado em 30 Janeiro de 2019 | 19h58

África do Sul: Ramaphosa envia condolências ao povo filipino

Cidade do Cabo - O presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, endereçou nesta quarta-feira as suas condolências ao seu homólogo filipino Rodrigo Duterte e ao povo das Filipinas, na sequência dos ataques terroristas de domingo que deixaram 200 mortos e vários feridos, na catedral de Jolo, no sul das Filipinas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa

Foto: Pedro Parente

"O Governo sul-africano apresenta as suas sentidas condolências às famílias pela perda dos seus entes queridos e deseja rápidas melhoras aos feridos. Neste momento de dor, o pensamento dos sul-africanos estão dirigidos para o povo e o Governo das Filipinas", disse Ramaphosa num comunicado citado pela PANA.

Para o presidente sul-africano, o terrorismo, sob todas as suas formas, não pode ser tolerado.

"A África do Sul está firmemente do lado da comunidade internacional para condenar o terrorismo. O Governo sul-africano continuará a apoiar os esforços regionais e internacionais para se fazer face ao flagelo do terrorismo sob todas as suas formas", sublinhou.

As relações entre os dois países foram estabelecidas em 1996 na sequência do derrube do regime de apartheid, e continuam a ser fortes.

“Os dois Estados são influentes nas diferentes organizações internacionais, principalmente o Movimento dos Não Alinhados e o Grupo dos 77”, lê-se na nota.

Assuntos África do Sul  

Leia também