Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

19 Fevereiro de 2019 | 19h30 - Actualizado em 19 Fevereiro de 2019 | 19h25

Camarões: Governo distribui mais de 14 milhões de mosquiteiros

Yaoundé - O governo camaronês vai distribuir gratuitamente 14 milhões 867 mil e 748 mosquiteiros impregnados de longa duração de acção (Milda) no decurso do ano 2019, indicou o ministro da Saúde Pública, André Mama Fouda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Esta terceira campanha nacional de distribuição gratuita de Milda iniciou no fim-de-semana com a identificação e a contagem das famílias, devendo terminar em Setembro deste ano.

A primeira fase da operação está agendada para 27 a 31 de Março nas províncias do leste, oeste, sul e 13 distritos sanitários da zona do litoral.

A segunda fase, programada para Maio, contemplará as províncias de Adamoua, do extremo norte e do norte.

A última etapa, marcada para Setembro, abrangerá as localidades do centro, noroeste, sudoeste e em 11 outros distritos sanitários do litoral.

O paludismo continua a ser um problema de saúde pública nos Camarões, tendo sido, em 2017, a causa de 24,3 porcento de consultas nas formações sanitárias, 31,8 porcento de consultas para crianças menores dos cinco anos de idade, de 45 porcento das hospitalizações e de 12,8 porcento das mortes registadas em estabelecimentos sanitários.

Desde 2011, o país já distribuiu 20 milhões 400 mil Milda, segundo o ministério da Saúde.

Por outro lado, em reposta a este flagelo, os Camarões aderiram, em 1998, à iniciativa “Roll Back Malaria” (Fazer Recuar a Malária) da Organização Mundial Saúde.

Assuntos Camarões  

Leia também