Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

03 Dezembro de 2019 | 18h46 - Actualizado em 03 Dezembro de 2019 | 18h46

Moçambique: Unicef capacita Parlamento para protecção dos direitos da criança

Maputo - O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) vai capacitar membros do Parlamento moçambicano em matérias de protecção dos direitos da criança, no âmbito de um memorando assinado hoje em Maputo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da UNICEF

Foto: Divulgação

"Pretendemos fortalecer as capacidades dos deputados recém-eleitos, para legislar em prol da criança", disse o representante da Unicef em Moçambique, Marcoluigi Corsi, momentos após a assinatura do acordo no Parlamento moçambicano.

A Unicef considera os parlamentares "actores chave" na protecção e promoção dos direitos da criança, tendo em conta que é sua responsabilidade aprovar as leis, políticas, estratégias e orçamentos, acrescentou Marcoluigi Corsi.

O memorando vai cobrir um período de três anos (2019-2021) e espera-se que os deputados melhorem as suas capacidades de "exercer as suas funções legislativa, fiscalizadora e de representação na área de direitos da criança".

Para a agência das Nações Unidas, a protecção é "um aspecto fundamental" e, por isso, um dos objectivos da capacitação é garantir a "implementação de políticas públicas" já aprovadas, entre as quais a legislação que combate as uniões forçadas em Moçambique.

Segundo dados da Unicef, cerca de 48% das crianças moçambicanas vivem na pobreza absoluta, o que as torna vulneráveis a situações de violação dos seus directos.

Entre os principais desafios relativos aos menores no país, o destaque tem estado nos casamentos prematuros, com 48% das raparigas a casarem-se antes dos 18 anos, segundo dados oficiais.
 

Assuntos Criança  

Leia também