Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

19 Dezembro de 2019 | 18h47 - Actualizado em 19 Dezembro de 2019 | 18h47

Autoridades anunciam orçamento de aniversário da presidência de Tshisekedi

Kinshasa - As autoridades da República Democrática do Congo (RDC) anunciaram hoje que as celebrações do primeiro ano de mandato do presidente, Felix Tshisekedi, irão custar seis milhões de dólares, uma verba que tem motivado críticas da oposição.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Felix Tshisekedi, presidente da República Democrática do Congo (RDC)

Foto: Francisco Miúdo

A 24 de Janeiro, a RDC "comemora o ano da mudança democrática e pacífica do poder no nosso país", anunciou André Kabanda Kana, porta-voz da presidência, numa cerimónia oficial.

"O Governo estabeleceu um orçamento de seis milhões de dólares para as festividades", disse à imprensa, acrescentando que "o erário público e os patrocinadores" vão financiar essa verba.

Esta decisão tem sido criticada por vários sectores da sociedade.

"Isto é totalmente incongruente. Isto é uma má gestão frenética dos recursos públicos" e é "um desprezo aberto pelo sofrimento da população", disse Olivier Kamitatu, porta-voz do opositor Moïse Katumbi.

O ex-primeiro-ministro Adolphe Muzito afirmou que a iniciativa "é uma comédia, uma loucura".

"Se eles querem provar a todo o custo que houve uma alternância, é porque lá no fundo eles sabem que não houve tal coisa", reagiu o ex-candidato presidencial Seth Kikuni.

Na presença de vários membros do Governo, o porta-voz presidencial explicou que chefes de Estado da região, assim como amigos do presidente Tshisekedi e do seu antecessor Joseph Kabila serão convidados para o evento.

Antigo adversário de Kabila, Tshisekedi foi proclamado vencedor das eleições presidenciais de 30 de Dezembro de 2018 e tomou posse a 24 de Janeiro, num acordo de coligação com o seu antecessor, cujos apoiantes na Frente Comum do Congo (FCC) têm a maioria dos lugares na Assembleia Nacional, no Senado e nas assembleias provinciais.

A RDC possui uma população estimada em 80 milhões de habitantes.

Assuntos RDCongo  

Leia também
  • 18/12/2019 09:14:40

    RDC/CEEAC: País quer recuperar a "sua liderança natural"

    Kiinshasa - A diplomacia da República Democrática do Congo (RDC) está a levar a cabo um plano geopolítico para reassumir o seu ?lugar de líder natural na sub-região da África Central?.

  • 17/12/2019 10:00:20

    RDC: Grupo rebelde ugandês mata 213 em seis semanas

    Kinshasa - O grupo rebelde ugandês Alianças das Forças Democráticas matou 213 civis em seis semanas, indica um estudo do Centro de Estudos para a Promoção da Paz, Democracia e Direitos Humanos (CEPADHO).

  • 13/12/2019 13:27:42

    RDC: ADF matam cinco civis em Watanga, Beni

    Beni (Kivu-Norte) - Os rebeldes ugandeses da Aliança das Forças Democráticas (ADF) mataram na noite de quinta para sexta-feira, cinco pessoas, num ataque que protagonizaram em Watanga, território de Beni.