Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

02 Abril de 2019 | 10h43 - Actualizado em 02 Abril de 2019 | 10h43

Líbia: UA propõe conferência de reconciliação nacional

Tripoli - O presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahamat, propôs na segunda-feira, emTripoli, a realização de uma conferência nacional de reconciliação para resolver a crise política na Líbia, noticiou à Xinhua.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da Líbia

Foto: Divulgação

O anúncio foi feito depois da reunião entre Faki e o Primeiro-ministro líbio apoiado pela ONU, Fayez Serraj.

O encontro analisou os últimos desenvolvimentos políticos, de segurança e as próximas eleições presidenciais e parlamentares naquele país.

O diplomata tchadiano ao serviço da UA apresentou ao seu anfitrião a sua proposta de conferência nacional, "sublinhando que qualquer decisão sobre a questão da Líbia deve ser da Líbia.

O presidente da Comissão da UA afastou qualquer interferência estrangeira que pode complicar ainda mais a crise segundo um comunicado do publicado pelo gabinete de Serraj.

Este último saudou a proposta, manifestando o desejo de tal conferência vir a ser realizada sob os auspícios da ONU.

A Líbia sofre divisões políticas entre o governo dirigido por  Serraj em Tripoli e uma entidade rival no país, liderada pelo marechal Aftar, apesar de um acordo político apoiado pelas Nações Unidas, concluiu em 2015.

                                                    
Confrontado com a insegurança e o caos, o país da África do Norte luta para conseguir uma transição democrática desde a queda de 2011 do regime do falecido dirigente Moammar Kadhafi.

Assuntos Líbia  

Leia também