Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

15 Abril de 2019 | 17h24 - Actualizado em 15 Abril de 2019 | 17h23

Líbia: Tanque muito raro das forças de Haftar é capturado no país

Trípoli - Durante a batalha pela capital da Líbia, Trípoli, nas ruas da cidade foi avistado um tanque T-72 Ural, um dos poucos preservados nesse país, que está ao serviço do Exército Nacional da Líbia (LNA) comandado pelo marechal Khalifa Haftar.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da Líbia

Foto: Divulgação

O portal Russkoe Oruzhie indica que quando começou a guerra civil, segundo várias estimativas, mais de duas centenas e meia destes tanques estariam em serviço na Líbia. Entretanto, deve se referir que a Líbia tornou-se um dos primeiros aliados árabes da União Soviética a receber esse equipamento militar.

Estes tanques foram uma modificação de exportação com um telémetro óptico e protecção de blindagem simplificada. Eles estavam armados com um canhão de 125 mm, uma metralhadora coaxial PKT de 7,62 mm e uma metralhadora antiaérea NSVT de 12,7 mm.

Com 780 cavalos de potência, sua velocidade máxima é de 60 km/h em estrada com uma autonomia de 500 km. Segundo a publicação, já em 1981 estes tanques participaram de operações de combate no Tchade, onde demonstraram uma fiabilidade elevada.

No século XXI, o T-72 Ural já era considerado obsoleto e estavam a ser estudadas opções para a sua modernização, mas tudo inviabilizou-se por causa da guerra civil. Em combate, um número significativo destes tanques foi destruído pelos ataques aéreos da OTAN.

Assuntos Conflito  

Leia também
  • 11/04/2019 12:01:34

    Líbia: Combates deixaram 56 mortos numa semana

    Genebra - Os combates no arredores de Trípoli, capital da Líbia, causaram pelo menos 56 mortos e 266 feridos nos últimos seis dias, anunciou a Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo noticiou à AFP.

  • 10/04/2019 19:02:21

    Missão da UE em retirada de Trípoli

    Tripoli - O director da Capacidade Civil de Planeamento e Planeamento da União Europeia, brigadeiro Vincenzo Coppola, deu ordens à única missão europeia na Líbia para se retirar para Tunes na sequência do alastrar do conflito entre o governo de União Nacional (GNA) e o Exército Nacional da Líbia (LNA).

  • 10/04/2019 18:13:22

    Otan "profundamente preocupada" com conflitos na Líbia

    Bruxelas - A Otan está “profundamente preocupada” com os conflitos entre forças rivais na Líbia, alertou hoje o secretário-geral, Jens Stoltenberg, apelando a uma solução política como “a única maneira de garantir paz e estabilidade para todos os líbios”.