Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

15 Maio de 2019 | 05h53 - Actualizado em 15 Maio de 2019 | 11h19

Moçambique: Governo vai pedir aos doadores 2,8 mil ME para reconstrução

Maputo - O Governo moçambicano vai apresentar aos doadores um pedido de ajuda de 3,2 mil milhões de dólares (2,8 mil milhões de euros) para a reconstrução das áreas afectadas pelos ciclones Idai e Kenneth, anunciou terça-feira o Executivo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira de Moçambique

Foto: Divulgação

"Em termos de avaliação global, o relatório aponta, como necessidades, um orçamento que se eleva a 3,2 mil milhões de dólares, projectado para responder às necessidade dos sectores social, produtivo e também para a área de infra-estruturas", afirmou Ana Comoana, em conferência de imprensa que se seguiu à sessão semanal do Conselho de Ministros.

Desse valor, a esmagadora maioria - pouco mais de três mil milhões de dólares (2,6 mil milhões de euros) - será canalizada para a reconstrução dos estragos provocados pela passagem em Março do ciclone Idai no centro de Moçambique.

O remanescente será usado para os prejuízos causados pelo ciclone Kenneth, em Abril, na região norte.

"A elaboração deste relatório contou com o apoio dos parceiros de cooperação da União Europeia e da ONU", acrescentou.

O valor será apresentando aos doadores internacionais na conferência que se vai realizar entre os dias 31 de Maio e 01 de Junho na cidade da Beira, a mais atingida pelo Idai.

"Queremos acreditar que a maior parte desse valor poderá vir dos parceiros internacionais", acrescentou Ana Comoana.

No encontro da Beira, espera-se a presença de mais de 700 participantes.

O ciclone Idai atingiu o centro de Moçambique em Março, provocou 603 mortos e afectou cerca de 1,5 milhões de pessoas, enquanto o ciclone Kenneth, que se abateu sobre o norte do país em Abril, matou 45 pessoas e afectou 250.000 pessoas.

Assuntos África  

Leia também
  • 15/05/2019 02:22:23

    ONU preocupada com entrada de armas na Líbia

    Nova Iorque - O Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, declarou-se ?profundamente preocupado? com informações segundo as quais armas continuam a entrar na Líbia, num clima de confrontos pelo controlo de Tripoli.

  • 15/05/2019 02:15:46

    UE desembolsa 20 milhões de euros a favor do Governo ugandês

    Kampala - A União Europeia (UE) desembolsou 20 milhões de euros a favor do Governo ugandês, a título do apoio orçamental ao exercício de 2018-2020, indica um comunicado da delegação europeia no Uganda.

  • 15/05/2019 00:13:03

    Presidente rwandês felitica homólogo sul-africano pela vitória eleitoral

    Kigali - O Presidente rwandês, Paul Kagame, enviou segunda-feira uma mensagem de felicitações ao candidato do Congresso Nacional Africano (ANC) e Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, na sequência do anúncio oficial da vitória eleitoral deste partido no fim de semana último.