Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

12 Junho de 2019 | 17h53 - Actualizado em 13 Junho de 2019 | 09h46

Mais de 70 crianças-soldado entregaram-se em Junho à Missão da ONU na RDC

Kinshasa - Um total de 75 crianças-soldado entregaram-se este mês à missão da ONU na República Democrática do Congo (RDC), segundo confirmou nesta quarta-feira à Agência Efe o porta-voz militar dessa força de paz (MONUSCO), o tenente-coronel, Claude Raoul Djehoungo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da ONU

Foto: Divulgação

"Estas crianças chegaram pouco a pouco, nem todas ao mesmo tempo, e provêm de muitos lugares e sectores, especialmente do leste e do centro do país", disse o porta-voz militar.

Os menores procedentes da parte oriental da RDC pertenciam a grupos armados como os Mai Mai, Yakotumba e os rebeldes ugandenses das Forças Aliadas Democráticas (ADF).

Os demais foram alistados à força em conflitos armados da região central de Kasai, onde actuam milícias rebeldes como a Kamuina Nsapu, que desafiam a autoridade do governo congolês. Por enquanto, os menores receberão o apoio da Secção de Desarmamento, Desmobilização, Repatriação e Reintegração da missão da ONU.

O nordeste da RDC está há anos imerso num longo conflito alimentado por dezenas de grupos rebeldes, apesar da presença do exército do país e da MONUSCO.

Os menores estão entre os 91 membros de diferentes grupos armados que renderam-se à MONUSCO e ao exército congolês, explicou Djehoungo.

Assuntos Conflito  

Leia também
  • 12/06/2019 17:44:40

    OCI condena ataque contra aldeia no centro do Mali

    Djeddah, Arábia Saudita - A Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) condenou vigorosamente o ataque armado efectuado no último domingo na aldeia Sobane-Kou, na região de Mopti, no centro do Mali, que resultou na morte de 95 pessoas e numerosos feridos, anunciou o secretário-geral dessa instituição, Youcef Ben Ahmed El-Otheimen.

  • 11/06/2019 04:56:47

    ONU pede respeito pelo embargo de armas à Líbia

    Nova Iorque - O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou segunda-feira a todos os países que respeitem o embargo de armas à Líbia, adiantando que as armas ilegais estão a alimentar o conflito no país.

  • 11/06/2019 02:05:18

    Militares no poder anunciam detenções após repressão no Sudão

    Cartum - O Conselho Militar de Transição no poder no Sudão anunciou, segunda-feira à noite, a detenção de várias pessoas integrantes das forças regulares vinculadas com a violenta repressão de 3 de Junho contra um protesto popular em Cartum.