Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

02 Julho de 2019 | 19h00 - Actualizado em 02 Julho de 2019 | 19h00

Camarões: Sete mortos no ataque a uma esquadra da polícia

Kumba - Quatro soldados, dois civis e um separatista morreram na noite de segunda-feira em Kumba, na região anglófona dos Camarões (sudoeste), na sequência de um ataque a uma esquadra da polícia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa dos Camarões

Foto: Divulgação

"Quatro soldados foram mortos na segunda-feira à noite, na zona de Kumba", no sudoeste, anunciou o governador desta região, Bernard Okalia Bilai.

"Dois civis também morreram, certamente por balas perdidas, e um secessionista foi neutralizado", acrescentou.

Segundo o governador, houve confrontos quando os membros do movimento separatista anglófono tentavam assumir o controlo de uma esquadra da polícia em Kumba.

Em menos de 20 dias, oito elementos do exército camaronês foram mortos nas regiões anglófonas, na sequência de ataques atribuídos pelo Governo aos separatistas anglófonos.

Por outro lado, na região Noroeste, o governador Adolphe Lele Lafrique revela que um militar foi raptado segunda-feira por secessionistas que exigem o pagamento de um resgate de vários milhões para a sua libertação.

Desde Novembro de 2016, a população anglófona dos Camarões, que representa cerca de 20% da população camaronesa, protesta contra a sua marginalização, alguns dos quais exigindo o federalismo e outros a secessão. Yaoundé rejeita ambas as opções e propõe a descentralização.

Sob pressão da comunidade internacional, o Governo tentou iniciar um processo de diálogo com estas populações, sem nenhum resultado concreto até o momento.

Assuntos Camarões  

Leia também