Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

18 Agosto de 2019 | 19h02 - Actualizado em 18 Agosto de 2019 | 19h02

Chade declara estado de emergência em duas províncias orientais após confrontos intercomunitários

Djamena - O presidente do Chade, Idriss Deby, declarou estado de emergência em duas províncias do leste do país, após violentos confrontos intercomunitários que deixaram dezenas de mortos no começo deste mês.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Idris Deby Itno - PR do Tchade

Foto: Fotos de Francisco Miudo

 

O estado de emergência durará três meses nas regiões de Sila e Ouaddai, onde 50 pessoas morreram desde 9 de agosto em combates entre pastores e agricultores, disse o gabinete do presidente, citado pelo portal de notícias Africanews.

"A partir de agora, vamos implantar forças militares que vão garantir a segurança da população da região", disse Deby durante uma viagem a Sila.

A partir de agora, “vamos implantar forças militares que vão garantir a segurança da população da região. Precisamos desarmar todos os civis que têm armas em sua a posse”, reiterou.

"Temos de desarmar todos os civis que têm armas nas mãos", disse ele.

O leste do Chade está é palco de um ciclo de violência entre pastores de camelos nómadas - muitos da etnia Zaghawa de que Deby é oriundo - e agricultores sedentários da comunidade Ouaddiana.

A seca e o crescimento populacional agravaram o conflito.

Assuntos Chade  

Leia também
  • 14/08/2019 14:45:31

    Bombista suicida mata seis pessoas no oeste do Tchad

    Ndjamena - Pelo menos seis pessoas morreram num ataque suicida levado a cabo por uma mulher militante do grupo terrorista Boko Haram, na localidade de Kaïga-Kindjiria, no oeste do Tchad, na terça-feira à noite, disse hoje (14) fonte do exército, citada pela AFP.

  • 17/06/2019 15:27:28

    Detidos suspeitos de crimes contra a humanidade no Tchad e no Sudão

    Paris - O líder rebelde tchadiano, general Mahamat Nouri, e dois outros suspeitos de crimes contra a humanidade cometidos no Tchad e Sudão entre 2005 e 2010 foram hoje detidos em França, noticiou a agência France Presse (AFP).

  • 08/02/2019 09:07:45

    Tchad: Rebelde continuam a avançar para Ndjamena

    N?djamena - Os rebeldes tchadianos da União das Forças da Resistência (UFR) afirmam continuar a sua progressão em direcção a N?djamena, capital do Tchad, apesar dos bombardeamentos aéreos da aviação militar francesa lançados desde terça-feira.