Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

14 Agosto de 2019 | 18h10 - Actualizado em 14 Agosto de 2019 | 18h10

Corpo exumado no Quénia para autoridades recuperarem uniforme

Nairobi - As autoridades da cidade de Kakamega, no Quénia, decidiram exumar o corpo de um homem por causa do uniforme com que foi enterrado, indicou hoje a BBC.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Martin Alukoye, 31 anos, foi enterrado com o uniforme da Kakamega County Youth Service depois de ter morrido afogado este mês.

Segundo a BBC, as autoridades exumaram o corpo contra a vontade da família de Martin Alukoye para recuperarem o uniforme.

“Nós envolvemos as autoridades locais nos procedimentos para o enterro e nunca ofereceram resistência à nossa proposta para enterrá-lo no seu uniforme de trabalho”, disse Francis Mutamba, tio de Martin Alukoye, ao jornal Daily Nation.

Os anciãos do clã Abang’onya também criticaram a decisão das autoridades de exumarem o corpo, uma acção que é considerada tabu.

O corpo de Martin Alukoye foi novamente enterrado esta semana e os anciãos realizaram rituais para purificarem a família do homem.

Assuntos Quénia  

Leia também