Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

06 Setembro de 2019 | 12h38 - Actualizado em 06 Setembro de 2019 | 12h49

UA lamenta morte de Robert Mugabe

Addis Abeba - O presidente da Comissão da União Africana (UA), Moussa Faki Mahamat, lamentou hoje (sexta-feira), em Addis Abeba, a morte hoje, em Singapura, do ex-Presidente do Zimbabwe, Robert Mugabe, recordando-o como "um ícone" da luta pela libertação em África.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da União Africana

Foto: Divulgação

"Foi com imensa tristeza que tomei conhecimento do falecimento do antigo presidente Robert Mugabe", escreveu Moussa Faki Mahamat, numa publicação na sua conta oficial na rede social Twitter, a que a Lusa teve acesso.

O ex-presidente do Zimbabwe Robert Mugabe morreu aos 95 anos por doença, cerca de dois anos após renunciar ao cargo que ocupou durante 37 anos, anunciou o actual chefe de Estado do país, Emmerson Mnangagwa.

Na mesma publicação, o responsável da UA expressou condolências à família e ao povo do Zimbabwe pela perda de "um ícone da luta de libertação" e de um "pan-africanista defensor da libertação e integração continental".

Mugabe morreu num hospital em Singapura rodeado pela sua família e pela sua mulher, Grace, indicaram várias fontes aos órgãos de comunicação social locais.

O ex-presidente do Zimbabwe estava a receber tratamento médico na cidade asiática há cinco meses.

Mugabe nasceu em 21 de Fevereiro de 1924. Na década de 1970 liderou uma campanha de guerrilha contra o Governo da ex-colónia britânica.

Em 1979, a então primeira-ministra britânica Margaret Thatcher anunciou que o Reino Unido reconheceria oficialmente a independência da Rodésia (actual  Zimbabwe). Mugabe foi eleito primeiro-ministro no ano seguinte.

Robert Mugabe esteve no poder do Zimbabwe durante 37 anos, antes de ser derrubado num golpe de Estado em Novembro de 2017.

Mugabe foi forçado a afastar-se depois de o Exército e o seu partido, a União Nacional Africana do Zimbabwe - Frente Patriótica (ZANU-PF),  retirarem-lhe o apoio.

Assuntos Falecimento  

Leia também