Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

11 Setembro de 2019 | 17h50 - Actualizado em 11 Setembro de 2019 | 17h50

Presidente do Uganda exige maior eficiência das autoridades

Kampala - O presidente do Uganda, Yoweri Museveni, pediu hoje às autoridades do país que obtenham maior eficiência no seu trabalho para evitar sequestros e crimes contra pessoas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente do Uganda, Yoweri Museveni (Foto arquivo)

Foto: Pedro Parente

“Se aqueles que usam uniformes não podem fazer o seu trabalho, há muitos candidatos para substituí-los”, alertou o governante numa declaração oficial.


O presidente Museveni disse, por outro lado, que ordenou o julgamento e a demissão de polícias que estavam de plantão quando os sequestros de Maria Nagiriya e seu motorista Ronald Kitayimbwa, que foram mortos mais tarde, ocorreram recentemente, informou o jornal Daily Monitor.

Também referiu-se a outros assassinatos de moradores locais, ainda não esclarecidos, ao longo da rodovia Kampala-Entebbe, disse a fonte.

Dada a onda de crimes que afectou este território nos últimos meses, as agências de segurança instaram a polícia e os tribunais a agir prontamente para que os autores de assassinatos, estupros e actos terroristas recebam fortes sanções.

Segundo dados de agências humanitárias, no Uganda, onde a lei tipifica a pena de morte, essa medida não é aplicada pelo tribunal criminal há 20 anos.

Assuntos Crime   Uganda  

Leia também