Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

11 Setembro de 2019 | 17h44 - Actualizado em 11 Setembro de 2019 | 19h19

Presidente sul-sudanês e líder rebelde formam governo de transição

Juba - O presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, e o líder rebelde, Riek Machar, decidiram formar, em Novembro próximo, um governo de transição da unidade nacional, informaram nesta quarta-feira fontes oficiais, citadas pela Prensa Latina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir (Foto arquivo)

Foto: ASHRAF SHAZLY

"Também fizemos milhares de coisas positivas pela criação de forças unificadas em Novembro", disse a ministra dos Assuntos de Gabinete, Martin Elia Lomuro.

O estabelecimento de um novo governo provisório, que dará lugar às eleições presidenciais em três anos, faz parte de um pacto de paz, assinado em Setembro de 2018, entre grupos armados e o executivo do país.

Este acordo pôs fim ao conflito armado que causou uma crise de fome, a morte violenta de milhares de pessoas e o deslocamento forçado de mais de dois milhões de civis neste território, que se separou do Sudão em Julho de 2011.
 

Os atores políticos do Sudão do Sul acreditam que a implementação do acordo de paz apresenta atrasos na execução de alguns aspectos, uma vez que o governo alega que não possui fundos financeiros suficientes para garantir o desarmamento e a integração social das facções armadas.

Na ocasião, o presidente Kiir e o ex-vice-presidente deste Estado Machar também discutiram questões relacionadas à segurança e emendas à Magna Carta, entre outros assuntos.

Como ocorreu, no futuro governo de transição, Machar, que liderou o Movimento de Libertação Popular da Oposição no Sudão (SPLM-lo), actuará como vice-presidente deste país.

Assuntos Sudão do Sul  

Leia também