Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

10 Outubro de 2019 | 18h17 - Actualizado em 10 Outubro de 2019 | 18h17

Dois mortos num ataque do Boko Haram nos Camarões

Maroua - Dois civis, incluindo um estudante, morreram quarta-feira à noite num ataque levado a cabo pelo grupo radical nigeriano Boko Haram a uma aldeia do extremo norte dos Camarões, anunciaram hoje fontes administrativas e de segurança.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa da Repúbica dos Camarões

Foto: Divulgação

O ataque ocorreu por volta das 21h00 locais (20h00 GMT) na aldeia de Gazla, situada no distrito de Mora, a cerca de 60 km de Maroua, capital da região do extremo norte camaronês.

"O Boko Haram chegou à nossa aldeia na noite passada, por volta das 21h00, fazendo disparos com armas de fogo", explicou o administrador de Mora, Abba Boukar.

"Duas pessoas foram mortas, incluindo um aluno do Liceu de Mora", sublinhou o comandante da zona 1 da Força Mista Multinacional (FMM), general Bouba Dobekréo.

"Durante o ataque três outros civis ficaram feridos, para além do saque do gado e de vários bens", acrescentou Bouba.

Um dos moradores, cujo pai foi atingido por um tiro na perna, acrescentou que "os membros do Boko Haram vieram especialmente para roubar o gado".

Os ataques atribuídos ao Boko Haram ocorrem sem interrupção desde 2014 no extremo norte dos Camarões.

Nos últimos seis anos, a lista de vítimas continua a crescer, criando um efeito macabro na região norte do país.

Desde o surgimento em 2009 no nordeste da Nigéria, o conflito contra o Boko Haram deixou mais de 27 mil mortos e quase dois milhões de deslocadas na região do Lago Tchad, segundo um relatório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) divulgado em Março.

Assuntos Camarões  

Leia também
  • 07/10/2019 12:37:25

    ONU encoraja Camarões a continuar medidas de confiança

    Nações Unidas - O secretário-geral da ONU, António Guterres, encorajou os Camarões "a continuar a adoptar mais medidas de confiança e de reconciliação", num comunicado publicado após a libertação, no sábado, do principal opositor do país Maurice Kamto, noticiou a Lusa.

  • 11/09/2019 17:48:03

    Camarões: Presidente Biya convoca diálogo sobre um conflito secular

    Yaoundé - Os Camarões vivem actos de violência diários entre as tropas governamentais e os separatistas das suas duas regiões anglófonas, fruto da história dinâmica daquela antiga colónia alemã, dividida depois da primeira guerra mundial de 1914-1918, entre a França e o Reino Unido.

  • 11/09/2019 09:05:58

    Camarões: Paul Biya anuncia diálogo nacional

    Yaoundé - O Presidente camaronês, Paul Biya, anunciou, terça-feira, 10, a convocação, no fim de Setembro, de "um grande diálogo nacional" sobre o conflito entre os grupos separatistas da minoria anglófona e as forças de segurança, no Oeste.