Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

25 Janeiro de 2020 | 00h00 - Actualizado em 25 Janeiro de 2020 | 06h10

Ministro do interior demitido por violar normas na Tanzânia

Dar es Salaam, Tanzânia - O ministro tanzaniano do Interior, Kangi Lugola, foi hoje exonerado por ter assinado um contrato controverso de 405 milhões de euros, sem o aval das autoridades competentes, soube a PANA de fonte oficial em Dar es Salaam.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Numa ligeira remodelação ministerial ocorrido quinta-feira última, o Presidente tanzaniano, John Magufuli, nomeou George Simbachawene, então ministro de Estado no gabinete do Vice-Presidente encarregue dos Assuntos Ambientais e da União, para substituir Lugola.

Por sua vez, Simbachawene foi substituído no seu antigo cargo pelo parlamentar, Mussa Hassan Zungu.

Também foi demitido, no mesmo contexto, o comissário-geral da Brigada dos Incêndios e Socorros, Thobias Andengenye, por ter assinado um contrato com uma empresa romena, para a aquisição de equipamentos de salvamento e de luta contra incêndios, sem o acordo do Ministério das Finanças nem da Assembleia Nacional tanzaniana.

O comissário-geral ter-se-á deslocado pessoalmente à  Europa para concluir este convénio sem a aprovação nem o acordo do Parlamento tanzaniano.

Assuntos Tanzânia  

Leia também