Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

12 Fevereiro de 2020 | 18h51 - Actualizado em 12 Fevereiro de 2020 | 18h51

Conselho de Segurança da ONU preocupado com condições de segurança no Sahel

Nova Iorque - O Conselho de Segurança das Nações Unidas manifestou profunda preocupação com a contínua deterioração das condições de segurança e a situação humanitária nos países do Sahel e da Bacia do Lago Tchad.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da ONU

Foto: Divulgação

Numa declaração divulgada terça-feira, o Conselho de Segurança lembrou que a luta contra o terrorismo e a resolução de conflitos na África Ocidental, em particular nos países do Sahel e da bacia do lago Tchad, inscrevem-se numa abordagem global, mas baseia-se num acerto nacional dos Estados da região.

Quanto a intensificação da violência inter-comunitária no centro do Mali e no Burkina Faso, este órgão das Nações Unidas sublinhou que a estabilização da região e a protecção da população civil exigem uma intervenção totalmente coordenada e liderada pelos Governos desses países.

Os 15 membros do Conselho insistiram no facto de que a segurança e a estabilidade no Mali estão intrinsecamente ligadas às do Sahel, Lago do Tchad e África Ocidental, bem como à situação na Líbia e no norte de África.
A declaração reconhece que estes problemas foram agravados pelo terrorismo, actos de crime organizado transnacional, conflitos entre pastores e agricultores, entre outros.

A ONU anunciou que instou os actores nacionais, regionais e internacionais a continuar a mobilizar-se para ajudar esses países a enfrentar os problemas de paz e segurança que enfrentam.

As iniciativas e esforços realizados até agora pelos países da África Ocidental e do Sahara para combater a insegurança na região foram aplaudidos pelos membros do Conselho.

Os presentes “congratularam-se com as medidas adoptadas pela União Africana (UA) e a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), através da Força Multinacional mista e da Força conjunta do G5 Sahel”.

O Conselho encorajou os Estados membros da ONU a abordar as causas profundas do terrorismo e da violência inter-comunitária, prevenir novas tensões e violências, prosseguir a acção em matéria de segurança, denunciar e levar à justiça os responsáveis violações e abusos dos direitos humanos.

Assuntos África  

Leia também
  • 11/02/2020 09:01:20

    ONU quer mais dinheiro para combater praga de gafanhotos em África

    Nova Iorque - A Organização das Nações Unidas (ONU) apelou segunda-feira (10) à comunidade internacional por "mais fundos" financeiros para apoiar de "imediato os países afectados" pela maior praga de gafanhotos no continente africano nos últimos 25 anos, noticiou a Lusa.

  • 10/02/2020 22:03:58

    SADC reconhece resultados das eleições gerais na Namíbia

    A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) sancionou a decisão do Tribunal Supremo da Namíbia que validou os resultados das eleições presidenciais de 27 de Novembro de 2019, ganhas pelo Presidente cessante, Hage Geingob.

  • 07/02/2020 16:07:55

    OMS reforça apoio em África devido ao coronavírus

    Brazzaville - A Organização Mundial da Saúde (OMS) está a reforçar o apoio em África na detecção e gestão de casos suspeitos do novo coronavírus e a elaborar uma resposta robusta para o surgimento da primeira ocorrência no continente, indica uma nota de imprensa desta agência das Nações Unidas chegada hoje à Angop.