Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

23 Maio de 2020 | 16h11 - Actualizado em 23 Maio de 2020 | 16h11

Egipto: Forças de defesa e segurança matam 21 presumíveis jihadistas

Cairo - As forças de defesa e segurança do Egipto mataram pelo menos 21 presumíveis jihadistas, na península do Sinaï (Nordeste), anunciou neste sábado, 23, o ministério do Interior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira do Egipto

Foto: Divulgação


“A Polícia atacou dois esconderijos de elementos terroristas” na província do Norte-Sinaï, conduzindo aos combates que feriram dois oficiais da Polícia, indica o ministério do Interior num comunicado a que a AFP teve acesso.
 Segundo o comunicado os grupos visados tensionavam atacarem durante o período de Aïd al-Fitr, festa do fim do jejum muçulmano, que inicia domingo, 24, no Egipto.

Assuntos Egipto  

Leia também
  • 23/05/2020 16:00:07

    Egipto: Morreu o escultor Adam Henein, aos 91 anos

    Cairo - O célebre escultor egípcio Adam Henein, que participou na restauração do grande Fénix de Guizeh, morreu sexta-feira, no Cairo, aos 91 anos, anunciou o ministério da Cultura.

  • 22/05/2020 23:17:51

    Membros da Irmandade Muçulmana detidos no Egipto

    Cairo - Cinco alegados membros da Irmandade Muçulmana, considerada uma "organização terrorista" pelo Governo egípcio, foram detidos por elaborarem reportagens "fabricadas" para "minar a segurança e estabilidade do país", anunciou hoje o ministério do Interior.

  • 18/05/2020 08:31:02

    Libertada sob fiança directora de jornal digital independente do Egipto

    Cairo - A jornalista Lina Attalah, directora do jornal digital Mada Masr, considerado o último 'media' independente no Egipto, foi libertada na noite de domingo sob fiança após ter sido detida no final da manhã quando realizava uma entrevista no Cairo.