Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

01 Agosto de 2020 | 09h42 - Actualizado em 03 Agosto de 2020 | 11h53

Covid-19/África do Sul: Ministro Sul-Africano da Saúde transmite mensagem de esperança

Pretória (Da correspondente) - O ministro sul-africano da Saúde, Zweli Mkhize, disse que apesar do enorme aumento de casos de covid-19 que coloca a África do Sul no quinto lugar na escala mundial, ?há razões para ter esperança?.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministro Sul Africano da Saúde, Zweli Mkhize (arquivo)

Foto: Cedida

O governante que falava nesta sexta-feira durante uma conferência virtual mundial sobre a resposta à covid-19, disse que "o confinamento rígido de Março passado foi inegavelmente eficaz, resultando num achatamento demonstrável da curva de infecção por coronavírus".

Precisamos de tempo para preparar os nossos serviços de saúde, de modo a poder gerenciar o grande fluxo de pacientes durante o aumento inevitável da doença, disse o ministro. 

"Após cinco semanas de confinamento e de fome intensa, a falta de segurança alimentar e de renda resultou em problemas sociais e econômicos, tornando-se necessário manter a concentração, salvar vidas e criar meios de subsistência", acrescentou.

Assim, sublinhou o ministro, teve início a abordagem diferenciada de flexibilizar as restrições por meio do nosso sistema de alerta.

No seu pronunciamento, Zweli Mkhize sintetizou o início da reabertura da economia, com o pleno entendimento de que o aumento no número de casos era inevitável.

Hoje, disse, o país possui 493.183 casos positivos, as actuais mortes por covid-19 atingiram as oito mil e cinco, ao passo que a taxa de recuperação aumentou para 66%.

O ministro lembrou que foi estabelecido um Comitê Consultivo Ministerial e Multisectorial que se concentra na mobilização, no terreno, para as mudanças de comportamento.

Isto engloba a colaboração com cientistas, a sociedade civil, comunidades, líderes tradicionais, organizações religiosas e outros.

"Intensificamos o rastreamento de contactos a serem suportados por um sistema digital denominado COVIDConnect, onde os usuários podem interagir com o sistema de saúde numa plataforma digital, para identificação de casos e encaminhamento para a quarentena, isolamento ou hospitalização", afirmou.

Para o ministro, o rastreamento continua sendo a chave para interromper o ciclo de transmissão na comunidade.

Assuntos África do Sul  

Leia também