Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

27 Julho de 2011 | 17h53 - Actualizado em 27 Julho de 2011 | 20h53

Governo promove estudos de impacto ambiental para projectos de mini-hídricas

Balanço

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda – O Governo angolano, através do Ministério da Energia e Águas, está a promover estudos de impacto ambiental para projectos de mini-hídricas que permitirão um acesso à electricidade a aproximadamente 500 mil famílias e a criação de mais de 10 mil novos postos de trabalho. 

Segundo o balanço do Executivo referente ao segundo trimestre de 2011, apresentado hoje (quarta-feira), em Luanda, pelo ministro de Estado e chefe da Casa Civil da Presidência da República, Carlos Feijó, os dados do sector das águas indicam que já se tem 82 porcento de cobertura das zonas urbanas e peri-urbanas e ainda 33 porcento da zona rural coberta.

Assim, acrescentou, a evolução positiva verificada resulta da realização das obras previstas nos Planos Directores das Cidades Capitais de Província e no Programa Água para Todos.

Em algumas províncias está em curso os trabalhos de reabilitação e expansão da rede de energia eléctrica em Cabinda, Saurimo, Dundo, Caxito, Sumbe, Porto Amboim, Huambo, Caála, Lubango, Namibe e Tômbwa.

Quanto à capital angolana, continuam a decorrer trabalhos de reabilitação e expansão em Luanda e foram adquiridas e montadas novas centrais térmicas para atender à demanda da cidade.

Em relação a Cabinda, dada a situação crítica vivida no trimestre, optou-se por dar atenção especial ao fornecimento de combustível para central de geração de energia eléctrica.

Nesta vertente, o projecto compreende o fornecimento de gás e gasóleo. Para tal, a província contará, até ao mês de Outubro, com três turbinas a gás.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 29/01/2019 15:12:28

    Gestores esclarecidos sobre legislação de exportação de resíduos

    Luanda - Gestores de empresas públicas e privadas que exercem actividades de gestão de resíduos, tratamento de águas residuais foram, nesta terça-feira, em Luanda, esclarecidos sobre os procedimentos administrativos para a transferência de resíduos destinados à reutilização, reciclagem e sua valorização.

  • 17/01/2019 21:38:32

    Especialistas querem revisão da moldura penal contra crimes ambientais

    Luanda- Especialistas do Ministério Público (MP) e do Ministério do Ambiente recomendaram, nesta quinta-feira, em Luanda, a revisão da moldura penal contra os crimes ambientais, como forma de melhor se combater a rota do tráfico de produtos da caça furtiva.

  • 15/01/2019 17:46:07

    Ministério do Ambiente quer legislação contra crimes ambientais

    Luanda - A ministra do Ambiente, Paula Francisco, defendeu nesta terça-feira, em Luanda, a necessidade da aprovação de um pacote legislativo para combater os crimes ambientais no país.

  • 15/01/2019 08:42:01

    Ambiente aborda crime contra a vida selvagem no país

    Luanda - Com o objectivo de elevar a consciência e a sensibilização sobre os crimes contra a vida selvagem, o Ministério do Ambiente realiza a partir desta terça-feira, em Cabo Ledo, em Luanda, um simpósio sobre crime contra a vida selvagem.