Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

29 Julho de 2011 | 11h17 - Actualizado em 29 Julho de 2011 | 11h17

IDF preocupado com abate indiscriminado de árvores

Namibe

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Namibe - O director provincial do Instituto de Desenvolvimento Florestal no Namibe, José Cabinda, mostrou-se preocupado com abate indiscriminado de árvores, principalmente, nas comunas do Munhino e Kapangombe, município da Bibala.


Em entrevista, hoje, à Angop sobre o "Fenómeno de abate indiscriminado de árvores e florestas” que se regista em algumas zonas da província, concretamente, nas comunas do Munhino e Kapangombe, município da Bibala e na estrada Namibe/Lubango, disse que estes actos constituem crime, a julgar pelo objecto social e ambiental das florestas para a estabilidade dos seres vivos.


“Tem sido prática a devastação de florestas, devido ao défice de técnicos por parte do IDF na cobertura fiscal e outros mecanismos como meios rolantes inerentes à defesa, preservação e protecção das florestas” disse o responsável.


José Cabinda alertou que os casos de abate de árvores e devastação de florestas vem persistindo nos últimos meses e que futuramente poderá registar-se mudanças no sistema ecológico, devido a estes factores de alteração ambiental.


Mostrou-se ainda preocupado com o acentuado nível de exploração de carvão por parte de lenhadores destas localidades, principalmente, no cacimbo.


“Notamos a exploração mais elevada do fabrico de carvão que tem devastado uma boa parte de algumas florestas concretamente no município da Bibala e com ajuda da Polícia Nacional temos detidos os infractores e a mercadoria para que os cidadãos deixam de praticar esta actividade” afirmou.


Dados da Polícia Económica do Namibe aponta que desde Janeiro foram apreendidos mais de cem sacos de carvão e os cidadãos envolvidos na sua produção.

Assuntos Província » Namibe  

Leia também
  • 06/12/2018 01:10:09

    Cortina de quebra ventos a cidade de Moçâmedes totalmente destruída

    Moçâmedes - A cortina de quebra ventos a cidade de Moçâmedes, província do Namibe, num percurso de mais de cinco quilómetros está totalmente destruída, onde mais de dez mil árvores de várias espécies acabaram por secar porque os amigos do alheio vandalizaram todo o projecto.

  • 04/12/2018 16:41:11

    Parque do Yona com potencialidades turísticas

    Moçâmedes - O Parque Nacional do Yona, província do Namibe, possui inúmeras potencialidades turísticas que devem ser bem explorados para melhor gestão e arrecadação de receitas para os Cofres do Estado, afirmou hoje, terça-feira, o vice-governador provincial para a área Técnica e infra-estruturas, José Chindongo António.

  • 03/12/2018 16:00:18

    Ministra do Ambiente visita Parque do Yona

    Moçâmedes- A ministra do ambiente, Paula Cristina Coelho, deslocou-se hoje, segunda-feira, ao Parque Nacional do Yona, 360 quilómetros a leste da província do Namibe, com vista a inteirar-se dos projectos implementados pelo Fundo Global do Ambiente, PNUD, União Europeia e governo local.

  • 05/11/2018 17:05:26

    Mais de trinta mil mudas de plantas disponíveis no viveiro do Namibe

    Moçâmedes - Mais de trinta mil mudas de diferentes espécies de plantas estão disponíveis no viveiro florestal do município de Moçâmdes, província do Namibe.