Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

30 Janeiro de 2018 | 15h54 - Actualizado em 31 Janeiro de 2018 | 10h58

Cabinda: Defendida transferência do aterro sanitário de Fortaleza

Cabinda - A Secretaria Provincial do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente de Cabinda defende a transferência do aterro sanitário de Fortaleza para outro local, por estar perto da aldeia, constituindo um atentado à saúde pública.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A proposta foi avançada hoje, terça-feira, pelo chefe de departamento do ambiente da referida secretaria, Daniel Tati Luemba, no final de uma visita ao aterro sanitário localizada nos arredores da aldeia de Fortaleza, onde o resíduos sólidos são depositados a céu aberto.

A visita enquadra-se no programa das actividades em saudação ao 31 de Janeiro, Dia Nacional do Ambiente.

Daniel Tati Luemba disse que para comemoração da data a secretaria provincial do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente elaborou um programa que inclui uma campanha de sensibilização junto das populações, visando o combate aos crimes ambientais, com realce para o abate indiscriminado de árvores e caça furtiva.   

O programa comporta também campanha de fiscalização e sensibilização dos caçadores furtivos e comerciantes de animais selvagens, visitas a empresas petrolíferas como o campo do Malongo e PLUSPETROL, no São Vicente, Porto de Águas Profundas em construção no Caio Litoral, campanha de plantação e reposição de árvores no centro de saúde de Zongolo e uma mesa redonda sobre a contribuição do sector ambiental no melhoramento das questões ambientais em Cabinda.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também
  • 11/09/2018 12:21:38

    Governo avalia caça furtiva no parque do Maiombe

    Luanda - Um diagnóstico sobre a caça furtiva no Parque Nacional do Maiombe, em Cabinda, está a ser elaborado pelo Ministério do Ambiente, no âmbito da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES).

  • 11/04/2018 14:56:56

    Cabinda: Parque Nacional do Maiombe necessita de fiscais

    Cabinda - O Parque Nacional do Maiombe, em Cabinda, necessita de pelo menos 30 fiscais para a cobertura dos seus 193 hectares, afirmou hoje (quarta-feira), nesta cidade, o director provincial do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF), António Paulo.

  • 13/03/2018 12:51:20

    Autoridades priorizam combate à caça ilegal em Cabinda

    Cabinda - O combate à caça furtiva e exploração ilegal de madeira na floresta do Maiombe destacam-se das prioridades do Ministério do Ambiente para protecção das espécies - anunciou em Cabinda a ministra do ambiente, Paula Francisco Coelho.

  • 13/03/2018 11:18:01

    Chuva aumenta ravinas em estradas em Cabinda

    Cabinda - Dezoito ravinas, provocadas pela chuva intensa, foram identificadas ao longo de estradas da província de Cabinda - anunciou hoje à Angop o director provincial do Instituto Nacional de Estradas (INEA), Igor Filipe Ferreira.